Os provedores de serviços de funeral cobram uma taxa básica que os clientes tem que pagar. A taxa de serviços básicos inclui serviços comuns a todos os funerais, independentemente do arranjo específico. Estes incluem o planejamento do funeral, assegurando as permissões necessárias e cópias dos atestados de óbitos, preparação do corpo, sepultamento e arranjos com o cemitério, crematório ou outros terceiros. A taxa também vai incluir o valor do caixão ou urna para o falecido.

Quanto custa um enterro: o que é cobrado

Encargos por outros serviços e mercadorias incluem custos de bens e serviços opcionais, como o transporte dos restos; Embalsamamento e outras preparações, uso da casa funerária para visitas, cerimônias ou serviço memorial, uso de equipamentos e pessoal para um serviço de sepultamento; Uso de um carro fúnebre, caixão ou urna, e a cremação ou enterro.

Os adiantamentos em dinheiro são taxas cobradas pela funerária por bens e serviços de fornecedores externos em seu nome, incluindo coroas de flores e o preparo do corpo. Algumas funerárias cobram o custo pelos itens que eles compram em seu nome. Outros adicionam uma taxa de serviço ao custo.

Calculando o custo real de um funeral

A funerária deve fornecer uma declaração detalhada sobre o custo total dos bens e serviços funerários que você selecionou quando você está fazendo os arranjos, assim como o cemitério no qual o corpo será enterrado ou o local onde o corpo será cremado também precisam informar à família. Se a funerária não conhece o custo dos itens no momento, eles são obrigados a lhe dar uma estimativa escrita. Esta declaração também deve divulgar qualquer custos com cemitério ou requisitos de crematório.

Custos de funeral

Os custos de um funeral podem surpreender os bolsos de uma família nesse momento complicado. É importante conhecer tais custos para se preparar melhor nesses momentos. (Foto: Funerals360)

Devem estar inclusos no orçamento do funeral os seguintes custos:

Embalsamento

A embalsamação é necessária para um funeral. Mas o embalsamamento geralmente não é necessário ou requerido legalmente se o corpo for enterrado ou cremado logo após a morte. Eliminar este serviço pode poupar dinheiro do funeral. O custo varia entre metade do salário mínimo e um salário mínimo inteiro.

Caixões

Um caixão muitas vezes é o item mais caro que você vai comprar, se você planeja um funeral tradicional. Caixões variam amplamente em estilo e preço e são vendidos principalmente pelo seu apelo visual. Normalmente, eles são construídos de metal, madeira, fibra, fibra de vidro ou plástico. Caixões variam muito no preço, podendo começar em valores menores do que um salário mínimo e chegando a valores de até mais de 10 salários mínimos. Não importa onde ou quando você está comprando um caixão, é importante lembrar que seu objetivo é fornecer uma maneira digna de mover o corpo antes do enterro ou cremação. Nenhum caixão, independentemente de suas qualidades ou custo, preservará um corpo para sempre. Portanto, gastar demais em um caixão não vai fazer diferença, e ser econômico aqui pode poupar muito dinheiro.

Cremação

Muitas famílias que optam por ter seus enteados cremados alugam um caixão para a visitação e funeral, eliminando o custo de comprar um caixão. Se você optar por visitação e cremação, pergunte sobre a opção de aluguel. Para aqueles que escolhem uma cremação direta sem um funeral ou outra cerimônia onde o corpo está presente, você pode optar por um modelo básico apenas para o translado do corpo. Há também os custos de uma urna funerária para as cinzas, mas geralmente os custos estão inclusos no valor do serviço de cremação. A cremação pode custar a partir de menos de um salário mínimo, mas pode chegar a até mais de 10 salários mínimos dependendo da região onde você mora.

Túmulo, funeral e sepultamento

A família também precisa comprar o túmulo e pagar as taxas de funeral e sepultamento. Geralmente, os 3 custos são cobrados como um só, diretamente no local onde o corpo será cremado ou enterrado. Adornos, lápides, e outros detalhes podem adicionar ainda mais custos ao enterro. Em cemitérios municipais, os custos são menores, enquanto cemitérios privados terão maiores custos. Espere pagar entre 1 salário mínimo até mais de 5 salários mínimos dependendo da região onde você se encontra.

Quanto custa o enterro ou crematório: o total

Um enterro ou crematório não vai sair por menos de dois salário mínimos, com o custo médio de 3 salários mínimos como uma boa estimativa. Vale ressaltar novamente que os valores variam muito de cidade para cidade, dado que o suporte municipal para enterros, bem como os custos, varia bastante. Isso sem somar custos com inventário, que podem aumentar ainda mais os custos envolvidos na morte de um parente. Planos funerários geralmente reduzem esses custos e podem facilitar para uma família lidar com o sepultamento ou crematório.

Se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)