As transferências de dinheiro no Brasil são muito convenientes, mas também muito caras. Você pode pagar a maioria de suas contas online ou usar a ampla rede de pontos de serviços bancários para realizar suas transações bancárias.

Se você quiser transferir dinheiro, por exemplo pagar suas contas, você também pode efetuar o pagamento no caixa do seu banco local, em vez de usar a internet ou os caixas eletrônicos. No entanto, muitos brasileiros ainda estão escolhendo a maneira “pessoal” de pagar suas contas, então prepare-se para longas filas nos caixas eletrônicos.

O problema é encontrado quando você precisa fazer uma transferência bancária internacional. Esse tipo de transferência está se tornando cada vez mais normal nos últimos anos, e os bancos tem ficado meio atrasados na atualização das tarifas e procedimentos para esses pagamentos.

Bancos e transferência internacional: como funciona?

Fazer uma transferência internacional pelo seu banco ou instituição financeira é um processo relativamente simples, relativamente igual em todas as instituições financeiras. Os passos a se seguir são os seguintes:

Acesse sua conta pelo celular ou internet banking e vá até o menu Serviços -> Câmbio ou algum menu parecido. Tenha em mãos já os dados da conta de destino, como o código do país, o código do banco, e os dados da pessoa que vai receber o pagamento.

Procure pela opção de transferência internacional no app do banco ou no internet banking.

Informe os dados de quem vai receber a transferência. Isso inclui o código SWIFT/ABA/BSB e a conta no exterior, além dos códigos IBAN/CLABE.

Depois, informe o motivo da transferência, a moeda a ser utilizada e o valor a ser transferido. Lembre-se de ter fundos para a transferência, ou você poderá acabar caindo no cheque especial. Caso precise de um documento para comprovar a transferência, é possível fazer  upload do arquivo ou tirar uma foto com seu smartphone, geralmente.

Confirme então a transação e em até 2 dias úteis, geralmente, o dinheiro estará na conta do destinatário.

Transferências internacionais

Transfira seu dinheiro internacionalmente sabendo exatamente os custos e passos. (Foto: businessdayonline.com)

Custo da transferência bancária internacional

O setor bancário é bastante caro no Brasil. Além das altas taxas de juros, você tem que pagar impostos governamentais em vários tipos de transação. Ao transferir dinheiro para o exterior, os custos adicionais caem em cima disso. Esse custo está na forma do IOF que cai sobre transações internacionais.

Cada instituição financeira poderá cobrar uma taxa fixa pelos valores a serem transferidos. Além dessa taxa fixa, a instituição cobrará o chamado “spread”. O “spread” é uma porcentagem que os bancos cobram em cima da transação de câmbio, ganhando um lucro em cima da transferência. Os valores vão de 0% a até mais de 5%, e pesquisar pode te ajudar a poupar bastante dinheiro.

Transferência para conta internacional online

Ao transferir fundos do exterior de sua conta brasileira, você pode usar serviços diferentes para essa transação. Um desses serviços é o Transferwise. A empresa é uma empresa de serviços financeiros que facilita o processo de transferir e receber dinheiro de qualquer lugar do mundo, com custos muito mais baixos e em mais de 40 moedas diferentes. É uma grande vantagem, já que muitas instituições financeiras brasileiras só fazem transações com as principais moedas e com custos altos, além de prazos que podem demorar um pouco para cair na conta de destino.

A Transferwise é, basicamente, uma conta internacional online. Você pode receber e enviar dinheiro para qualquer lugar do mundo, e receber quase que instantemente os recursos em sua conta do serviço. É mais rápido, dinâmico e, na grande maioria das vezes, a forma mais barata e prática de transferir dinheiro internacionalmente. Você pode fazer uma comparação no próprio site da Transferwise para ver se vale a pena. Basta que você e a pessoa que vai receber o dinheiro criem uma conta no serviço e pronto!

Qual serviço você usa pra transferências internacionais? Por que? Qual acha que oferece o melhor custo/benefício?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)