Quem tem um empréstimo consignado pode transferir esse empréstimo para outra instituição financeira que tenha taxas ou condições melhores para o pagamento da dívida. Isso se chama portabilidade de crédito, um benefício oferecido pelo nosso sistema financeiro. Porém, como é que pode ser feita essa transferência? É o que vamos esclarecer para que não fique qualquer dúvida sobre o assunto.

Como fazer a portabilidade de consignado?

De nada adianta trocar de instituição financeira onde você tem seu consignado se as condições ou taxas da nova instituição não são mais vantajosas. Para isso, você precisa pegar o Custo Efetivo Total (CET) do seu empréstimo atual e comparar com o CET do consignado para o qual deseja transferir seu empréstimo.

Se o CET da outra instituição financeira for menor do que o CET da instituição onde você está com seu empréstimo atual, vale a pena a mudança.

Se o CET for o mesmo, é bom analisar outras condições, como um maior prazo para pagamento, menores parcelas, atendimento da instituição financeira, etc.

Se o CET for maior, não vale a pena fazer a troca.

Após feita essa análise com mais de uma instituição financeira e negociado com cada uma delas, reúna os seguintes documentos

RG

CPF

Comprovante de residência

Extrato do salário/benefício INSS

Boleto de quitação: obtido na instituição onde você tem o empréstimo atual. Leve o boleto para a instituição onde deseja fazer a portabilidade.

Esse último documento é basicamente o documento que fará com que a nova instituição quite sua dívida anterior e você assuma a dívida nova, com as condições melhores. As parcelas vão continuar sendo descontadas dos seus pagamentos normalmente, assim como eram no empréstimo anterior.

A portabilidade de dívidas entre bancos pode ser feita em quais instituições?

Qualquer instituição financeira que ofereça empréstimo consignado pode ser usada para fazer a portabilidade do empréstimo. O que recomendamos é que você pesquise bastante pelas diversas instituições, tanto presencialmente quanto online, para comparar as taxas de juros CET de cada uma delas. Assim, você pode ter um começo melhor na sua pesquisa para poder encontrar mais facilmente os melhores empréstimos.

Portabilidade de crédito

Com a portabilidade de crédito, você pode mudar a instituição com a qual tem seu empréstimo consignado e conseguir melhores condições. (Foto: emprestimoscredfacil.com)

Portabilidade bancária de empréstimo consignado pode ser pra qualquer tipo?

Para fazer a portabilidade de empréstimo consignado, a instituição para a qual você quer transferir seus recursos precisa oferecer um empréstimo consignado do mesmo tipo que o seu. Por exemplo, se a instituição tem empréstimos consignados por INSS, servidor público ou forças armadas, é preciso verificar previamente se a instituição poderá oferecer esse tipo de empréstimo, ou seja, se ela já tem convênios firmados com as instituições.

Vale a pena fazer a portabilidade de consignado?

Se você encontrar um CET menor para um empréstimo consignado, vale muito a pena fazer a portabilidade do consignado. Você terá um empréstimo mais barato, pagando menos juros.

Se você encontrar um CET que seja igual, a portabilidade do empréstimo consignado só vale a pena se outras condições forem melhores, como um prazo melhor de pagamento, parcelas menores, etc.

Se o CET for maior, não vale a pena fazer a portabilidade de consignado.

Esperamos ter respondido às suas dúvidas em relação a portabilidade de consignado. Mas se você ainda tem qualquer pergunta, deixe nos comentários abaixo.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)