Você quer fazer a viagem de seus sonhos mas não sabe nem por onde começar seu planejamento. Você não sabe nem sequer se quer fazer tudo sozinho ou se quer deixar um profissional te ajudar no processo. Por melhor planejador que você seja, é muitas vezes difícil decidir se é melhor comprar um pacote de viagens ou fazer um planejamento sozinho, tanto pelos custos quanto pela liberdade que você consegue ao fazer tudo sozinho. Acontece que sua escolha por um ou pelo outro vai depender de uma série de fatores.

Vamos usar como exemplo uma viagem para os parques temáticos de Orlando, na Flórida, incluindo aqui a Disney e o Universal. Pacotes de viagem incluem estadias em hotéis de qualidade, além das entradas, já compradas para os parques. Provavelmente, você pode incluir alguns passeios nesse pacote, elevando um pouco o preço. Para conseguir um valor competitivo, a empresa responsável pelo pacote buscou analisar as melhores ofertas, pesquisou os menores preços de passagens e está te oferecendo o pacote com um adicional pelo serviço feito. São também adicionados serviços adicionais, como um seguro de vida e de saúde para quando você estiver no exterior. Apesar de ser um pacote bem fechado e com pouquíssima flexibilidade, atenderá a necessidade da maioria das pessoas e não desapontará quem gosta  deste tipo de passeio.

Por outro lado, imaginemos alguém que faça todo o planejamento sozinho. Ele pode incluir mais alguns dias na viagem com os recursos poupados do serviço do agente de viagens e conhecer mais parques ou até mesmo, viajar pela Flórida, conhecer lugares que não são muito populares. Ou mesmo, usar o dinheiro extra para investir em compras nos EUA. Isso vai requerer um maior trabalho por parte do viajante, que terá de buscar seguros de saúde e de vida para a viagem, hotéis para estadia, a compra da entrada para os parques que quiser visitar e mais. Pode até acabar saindo um pouco mais caro, mas com a vantagem da flexibilidade maior para a viagem.

Opções para o planejamento de viagens

Tanto o planejamento solitário de uma viagem quanto o planejamento através de uma agência de viagens podem ser proveitosos. Ambos dependem de seu propósito com sua viagem. (Foto: globalexpresstours.com)

É um jeito melhor do que outro? Depende do seu propósito com a viagem. Já vi pessoas se arrependendo de comprar pacotes mais baratos para viagens que poderiam ter sido facilmente planejadas com um pouco mais de tempo. Assim como vi pessoas planejando por si mesmas viagens muito fechadas que poderiam ter sido compradas em pacotes com valores muito mais em conta.

Eu por exemplo estou começando a planejar uma viagem para a Europa em, no máximo, dois anos. O plano é fazer um tour de até 30 dias de moto. Eu posso buscar pacotes de serviços que fazem este programa com guias ou planejar minha viagem sozinho e arcar com os possíveis riscos da viagem. Ainda estou indeciso sobre o que fazer, pois tenho de começar pesquisando relatos de quem já teve essa experiência e ver o que será melhor de acordo com meu perfil de viagem. É o mesmo que você deve fazer: pesquisar, comparar, ler bastante. Quanto mais informações você tiver, melhor será para você fazer sua decisão e poder finalmente curtir sua viagem.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)