Pacotes bancários padronizados! O que muda?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por André M. Coelho.

O Banco Central colocou em prática a resolução nº 4.196, que diz aos bancos para padronizarem três pacotes de serviços prioritários, facilitando para o consumidor visualizar os serviços e valores oferecidos e uma maior transparência para com o consumidor. Esta resolução faz parte do Plano Nacional de Consumo e Cidadania, que foi lançado no Dia do Consumidor.

Como vai funcionar a contratação dos pacotes de serviços?

Os pacotes são completamente opcionais à abertura de conta. Há, inclusos aos serviços nos pacotes, serviços que também são gratuitos, já por resoluções anteriores do Banco Central. Portanto, os serviços abaixo padronizam os pacotes que os clientes de nosso sistema financeiro poderão contratar no ato da assinatura do contrato.

O que muda nos pacotes?

Basicamente, além da maior visibilidade dos valores e conteúdos dos pacotes nas agências bancárias físicas e nos sites. Quem abre uma conta não é obrigado a fazer a contratação de pacotes com serviços adicionais que estejam inclusos com os gratuitos, o que era prática comum nos bancos brasileiros.

Com isso, você poderá ter uma conta corrente gratuita sem ser cobrado por pacotes com serviços que você não usa e poderá optar por pagar avulso, quando julgar necessário.

Sobre os contratos, todos os valores e opções de pacotes deverão estar bem claros. Houve também a padronização dos nomes dos pacotes, facilitando a visualização destes por parte dos clientes do sistema bancário.

Assim, acaba-se a festa com pacotes cheios de serviços que você não entende e que não precisa tanto, além de bancos inflando serviços pagos com serviços gratuitos em seus pacotes.

Tarifas padronizadas dos bancos

Veja que com o pacote padronizado, estas diferenças tendem a ser maiores. Mas há um padrão, onde os bancos públicos tem menores taxas, como você pode perceber na imagem. (Foto: www.123rf.com)

Quais são os pacotes que ficarão disponíveis?

Serão três pacotes diferentes, oferecendo serviços diferentes, que serão disponibilizados para os clientes, onde os serviços básicos e a quantidade de usos mensal está detalhada para os consumidores saberem quando o banco pode ou não cobrar por um ou outro serviço. Assim, teremos uma facilidade maior para o consumidor comum comparar valores e escolher a instituição financeira que melhor atende às suas necessidades:

Serviços da Tabela I:

Tabela II:

Tabela III:

Além destes serviços obrigatórios a cada pacote, o cliente da instituição tem direito, de forma gratuita:

Este último pacote de serviços gratuitos pode ser o único contratado pelo cliente, caso não veja necessidade de utilizar os serviços dos pacotes padronizados. Cada banco e instituição financeira deverá fazer uma discriminação dos valores de tarifas e dos pacotes, de forma clara e transparente aos seus clientes.

O que fazer se meu banco não oferecer estes pacotes ou me sentir lesado?

Qualquer problema que você enfrentar, desde a não menção da opcionalidade dos pacotes, a não oferta destes em contrato e cobrança indevida, o consumidor que se sentir lesado poderá procurar o PROCON de sua cidade para protestar e dar início aos procedimentos legais para reaver seu dinheiro.

O que fazer se desejo mudar meu pacote de serviços?

Simples: Basta entrar em contato com a Central de Atendimento de seu Banco ou Instituição Financeira ou diretamente com seu gerente. Mas preste atenção antes de confirmar a mudança ou você poderá perder acesso a alguns serviços essenciais da instituição. Esclareça todas as suas dúvidas com seu gerente antes de se ver em uma situação de gastos desnecessários com serviços bancários por não ter pesquisado antes.

Se resta alguma dúvida, não deixe de perguntar no espaço de comentários abaixo!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário