Empréstimo na conta de luz: como funciona?

Em Empréstimos e financiamentos por André M. Coelho

Brasileiros adoram comprar em parcelas. Eles também gostam muito de pegar empréstimos e fazer financiamentos. Mas com muitos brasileiros sendo devedores, negativados, ou tendo um histórico de crédito ruim, é necessário mais ferramentas para conseguir o dinheiro. Uma das formas de fazer isso é através do empréstimo na conta de luz. Mas como isso funciona?

Empréstimo na conta de luz: o que é?

A partir de 2019, foi permitido para os consumidores fazerem empréstimos em que as parcelas são debitadas, ou seja, cobradas junto com a conta de luz. Na prática, significa que cada parcela do seu empréstimo será somada ao total da sua conta de luz.

Por exemplo, imagine que você paga atualmente R$100 na sua conta de luz e pegou um empréstimo onde terá de pagar 12 parcelas de R$60. Você terá de pagar R$100 da sua conta de luz normal, somados com os R$60 por 12 meses, totalizando R$160 mensais.

Importante: o valor da parcela é geralmente limitado pelo dobro do valor da sua conta de luz atual.

Empréstimos na conta de luz

Com empréstimos na conta de luz, o pagamento ficar mais fácil e prático. (Imagem: Ada Durana)

Quem pode fazer empréstimo na conta de luz?

Estas linha de empréstimo é voltado para o público de baixa renda, com empréstimos baixos geralmente até 5 salários mínimos, com prazos de pagamento para até 18 meses. Quem quiser solicitar este empréstimo vai precisar ter uma conta bancária, seja ela poupança ou conta corrente.

Outra exigência para fazer o empréstimo na conta de luz é ter mais de 21 anos, ter menos de 79 anos, e ter as contas de energia elétrica em dia. Caso haja algum atraso na conta de luz será necessária a regularização antes da solicitação do crédito.

Como fazer empréstimo na conta de luz?

Atendendo aos requisitos acima, tenha em mãos os seguintes documentos:

Carteira de trabalho

RG

CPF

Comprovante bancário

Comprovante de residência recente (até 2 meses)

Pesquise no Google “empréstimo na conta de luz X”, trocando X pelo nome da sua fornecedora de energia elétrica ou pelo seu estado. Entre em contato com a empresa ou vá até uma agência física, com os documentos em mãos.

Será calculada uma taxa de juros de acordo com seu perfil de risco, além de seu score de crédito. Quanto maior o score, menores as taxas de juros.

Caso você já tenha contratado um empréstimo na conta de luz, um novo empréstimo só poderá ser realizado após a quitação do primeiro. Portanto, faça um bom planejamento financeiro antes de solicitar o empréstimo.

Onde fazer empréstimo na conta de luz?

É importante pesquisar e comparar o Custo Efetivo Total (CET) de diferentes empresas para ver qual o menor e assim, fazer uma escolha mais barata. Empresas que já fazem o empréstimo pela conta de luz incluem

Entre outras. Já as concessionárias que estão permitindo o empréstimo na conta de luz, as principais são as seguintes:

O empréstimo na conta de luz pode ter juros baixos, mas é bom comparar com outras opções de crédito para não acabar com um empréstimo caro e que não será capaz de pagar. Planeje, pesquise, e compare, e veja o que é melhor para suas finanças.

Você costuma pegar empréstimos pessoais? Já pegou um empréstimo na conta de luz? Em quais circunstâncias você acha que o empréstimo na conta de luz pode ser uma boa opção?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário