Contribuição do INSS no novo salário mínimo!

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

O anúncio do novo salário mínimo chega com uma atualização para o valor de R$678,00. E desde janeiro já é válido a contribuição nova, de quem paga pelo mínimo, como donas de casa e contribuintes individuais que optaram pelo plano simplificado de previdência.

Publicidade

Publicidade

Todo trabalhador que recebe o valor de um salário mínimo já faz o recebimento do mesmo no final do janeiro/início de fevereiro do valor total e a contribuição de 5% (R$33,90) para donas de casa, estudantes, desempregados e microempreendedores individuais; de 11% (R$74,58) para quem opta pelo plano simplificado de previdência, que só dá direito à aposentadoria por idade; e de 20% (R$135,60) para quem quer contribuir para a previdência social como autônomo. A data de pagamento é até o dia 15 de fevereiro de 2013, com multa após a data.

É importante que todo contribuinte do INSS mantenha organizados seus documentos e registros de contribuições. Todo contribuinte deve sempre manter suas contribuições em dia e tais controles para também se orientar de quando poderá aposentar e assim, desfrutar do salário da aposentadoria.

Publicidade

Publicidade

Contribuição INSS

Ao pagar o INSS, você garante seu direitos como trabalhador e assim, pode ficar mais tranquilo com sua vida profissional. (Foto: tudoglobal.com)

Recomendações

Publicidade

Além da contribuição para o INSS, recomendamos que todo trabalhador busque outras formas de renda para quando se aposentarem por via de investimentos. Estes, devem ser investimentos de longo prazo, preferencial de renda fixa, por oferecerem menores riscos. Afinal, viver só com um salário mínimo é muito difícil para todos nós e não podemos gozar de muito conforto só com esse dinheiro.

Publicidade

Discipline-se também para poupar mais ou até aumentar seus ganhos. Isso é fácil através de cursos gratuitos oferecidos pelos governos e prefeituras. Tente negociar um aumento com seu chefe ou mesmo, recomece seus estudos para poder fazer uma faculdade. Nunca é tarde para isso. Concursos também existem para todos os níveis de educação. Com a dedicação certa, tudo é possível.

Quem sabe suas ideias também não se tornem bons investimentos?

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário