O teto da aposentadoria que o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, paga aos seus contribuintes sofre alguns reajustes em um certo intervalo de tempo. Este ano, com um reajuste de 6,15%, ele passou de R$3.916,20 para R$4.157,05. Já o valor mínimo corresponde ao salário mínimo, que no momento em que este artigo foi escrito era de R$678,00.

Este teto é um valor mais do que generoso para uma aposentadoria tranquila e com boa qualidade de vida. Mas para se aposentar com este valor, não é tão fácil quanto parece, e você terá ou que ter muita disciplina para conseguir fazer a contribuição ou ter um salário bem alto para conseguir contribuir com estes valores.

Como contribuir para aposentar com o teto do INSS?

Quem quer aposentar com o teto tem que contribuir 11% do teto para o INSS. Isso corresponde, em valores baseados no teto atual, a mais ou menos R$457, 28. Você terá de contribuir com este valor durante 80% da sua vida ativa. Ou seja, mesmo aqueles trabalhadores que passaram a ganhar altos salários em um dado momento da vida não conseguirão contribuir para aposentarem-se com o teto da aposentadoria.

Neste caso, estamos falando de trabalhadores com carteira assinada. Autônomos, neste aspecto, são considerados contribuintes individuais e facultativos filiados ao RGPS (Regime Geral de Previdência Social), e sua contribuição é de 20% sobre o salário-de-contribuição, independentemente da data de inscrição. Quem presta serviço para empresas ou usa o regime simplificado, como Microempreendedores individuais, terá descontado o valor de 11%. Para aposentar com o teto, um trabalhador autônomo teria de contribuir atualmente com R$831,41.

INSS e aposentadoria

O INSS pode garantir um bom salário para sua aposentadoria, desde que você se organize e consiga pagar o teto da contribuição. (Foto: blogmail.com.br)

Para o cálculo da aposentadoria, são descartadas as 20% menores contribuições do cidadão e consideradas apenas as 80% maiores contribuições. Portanto, quem quer aposentar-se com o teto deve contribuir durante 80% de seus pagamentos ao INSS com a maior contribuição possível.

Quem contribui com carteira assinada, pode usar o carnê do RGPS , à venda em qualquer papelaria, para complementar o pagamento do INSS. Trabalhadores autônomos usam o carnê para fazer suas contribuições normais. Na tabela da previdência social há informações completas e detalhadas sobre cada faixa de contribuição.

Quais são os benefícios da previdência além da aposentadoria?

Com valores altos para a contribuição, temos de lembrar nossos leitores que não é só da aposentadoria que se faz o INSS. Há outros benefícios inclusos com a contribuição, tais como:

  • Aposentadoria por tempo de contribuição (35 anos de contribuição);
  • Aposentadoria por idade (60 anos para mulheres, 65 para homens);
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Auxílio doença;
  • Salário Maternidade.

Isso vale para qualquer faixa de contribuição. Note que para o cálculo da aposentadoria, você terá que pegar todos os valores de contribuição ao INSS desde o início até a última contribuição para saber quais foram as 80% maiores contribuições e, a partir daí, saber qual será o valor da sua aposentadoria.

Aposentadoria tranquila

Uma boa aposentadoria, com bons rendimentos é o que todos nós sonhamos e devemos buscar em nossas vidas. (Foto: andremansur.com)

Como aposentar ganhando mais?

A forma mais simples de fazer isso é aumentar sua contribuição para o INSS. Em tempos de juros mais baixos, ela se torna mais atrativa que investimentos na previdência privada. Porém, você não pode deixar de fazer outros investimentos e nem comprometer suas finanças por causa das contribuições ao INSS. Perceba que se você é autônomo, ganha R$2500,00 e quer contribuir para aposentar-se com o teto, mais de 30% de seu salário estarão comprometidos com o investimento. Já quem tem carteira assinada, comprometerá cerca de 18% do salário no valor.

Você pode optar pela Previdência Privada ou outros tipos de investimentos para aposentar com um salário maior, mas você tem de analisar bem a situação para saber o que será mais rentável para você.

Vale a pena contribuir para aposentar com o teto do INSS?

A resposta é que vale a pena sim. Porém, vai exigir de você uma grande disciplina financeira. Mas vai garantir uma grande segurança em seu futuro como aposentado.

19 comentários para “Calcule seu INSS para receber o teto de aposentadoria!”

  1. Jorge Luiz do Espirito Santo

    Olá, tenho 64 anos de idade e 35 anos de contribuição, contribuo a 15 anos sobre o teto como empresario, eu posso requerer minha aposentaria sobre o teto do inss, e a nova regra de 35 anos de contribuição e 60 de idade já esta valendo posso requerer e meu salario será o teto do inss.

    Obrigado

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Jorge, vá a uma agência da Previdência Social para fazer o cálculo.

      Responder
  2. Lauro Mendes

    Gostaria de saber qual o salario da minha aposentadoria, tenho 60 anos e recebo 3500 e falta pouco meses para eu se aposentar.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Lauro, consulte uma agência da Previdência Social para obter essa informação.

      Responder
  3. Maria Antonieta Vigorito Magalhães

    Gostaria de saber, se eu pagar retroativo para aposentar…eu recebo retroativo também?

    Responder
  4. Vania

    Meu sogro tem 64 anos e 33 de contribuição ele já pode aposentar? E qual o valor que ele vai receber? Tem como saber?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Vania, tem que ir em uma agência da Previdência Social para o cálculo.

      Responder
  5. Vera L. Vilar

    Pergunto meu pai tem 78 anos contribui a mais de 15 anos acho que ele deveria parar de pagar as contribuições aos 70 anos pergunto estou certa ou errada.
    Como ha possibilidades de receber os pagamentos excedentes.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Vera, nosso artigohttp://www.creditooudebito.com.br/melhor-contribuir-com-teto-para-previdencia-investir-poupar-dinheiro/ pode responder melhor ao seu questionamento.

      Responder
  6. Francisco de Assis

    Tenho 57 anos de idade e 31 anos de contribuição. Posso me aposentar proporcional?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Francisco, tem que ir em uma Agência da Previdência Social para calcular.

      Responder
  7. Orlando Francisco Farias

    Olá tenho 55 anos de idade e 40 anos de contribuição eu consigo o teto maximo de aposentadoria.

    Responder
  8. Gil

    Olá! Tenho 35 anos de idade e trabalho desde os 18 anos com salários variados. Atualmente penso em qual seria a melhor maneira para ter uma aposentadoria melhor. Sou empresária e atualmente recolho sobre o valor de R$ 1.500, 00 mas gostaria de melhorar este planejamento financeiro. Qual é a sugestão de vocês para que receba o teto?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Gil, resposta complicada. Mas é possível que parte das resposta você encontre no nosso artigohttp://www.creditooudebito.com.br/10-dicas-para-aposentar-mais-cedo/.

      Responder
  9. Orlando

    Olá pessoal, quero saber o seguinte: trabalhei pelo estado 28 anos e 04 meses.não foi possível me aposentar, faltando apenas 01 ano e 08 meses, já que pelo estado eu me aposentaria com 30 anos de serviço. Nesse intervalo de tempo venho contribuindo com o INSS há quase dois anos, que juntando um mais o outro completa os 30 anos. Gostaria de saber se já posso dar entrada na minha aposentadoria. Obrigado.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Orlando, consulte um especialista para te auxiliar nos cálculos.

      Responder
  10. Jose Vicente Fernandes Neto

    Bom dia, meu desconto do INSS no contracheque é de R$570.88, este desconto já me garante uma aposentadoria no teto?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Jose, nosso artigohttps://www.creditooudebito.com.br/contribuicao-inss-novo-salario-minimo/ pode orienta-lo.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)