A compra de moeda para viagem internacional é sempre um processo tenso devido aos diversos riscos envolvidos. Como se não bastasse o fato de você já estar perdendo dinheiro no câmbio há a grande preocupação e o medo de ser assaltado logo após ter realizado a compra. Felizmente eu me livrei do segundo caso e conta aqui como foi a experiência de comprar dólares canadenses em Belo Horizonte, antes de viajar.

Primeiramente eu fiz vários cálculos sobre como levar o dinheiro para o Canadá, levei em consideração vários fatores envolvidos e decidi que levaria em espécie 500 dólares canadenses, esse moeda exótica!

Exótico mesmo! Foi o termo que usaram quando perguntem em várias casas de câmbio da cidade se eles tinham dólar canadense: “essas moedas exóticas assim a gente não costuma ter em estoque, mas você pode pedir para reservar para pegar amanhã”. Não fiz isso e não aconselho!

Compare o câmbio logo antes de comprar

A primeira coisa que tive que fazer foi ligar para várias casas de câmbio em BH até encontrar duas delas que tinham dólares canadenses. Por sorte ambas localizadas no BH shopping. Me dirigi até lá para comprar os dólares canadenses de que precisava.

Como alguém que se importa com o próprio dinheiro eu fui em cada uma delas cotar o valor da moeda logo antes de comprar e havia uma diferença pouco significativa, mas que valia um passeio de escada rolantes entre dois andares do shopping. Optei pela mais barata, fui até lá e peguei a senha de atendimento. O importante de comparar logo antes é que as cotações mudam a toda hora. Verifique também por preços diferenciados para compras de maior valor. Todas as casas de câmbio vão querer cobrar menos se você for gastar mais por lá. Se tiver amigos e parentes viajando junto, considerem fazer uma compra única, respeitando o limite de 10 mil reais por pessoa. (2014)

Câmbio com e sem IOF

Uma confusão comum é as casas de câmbio informarem o valor da moeda sem o com o IOF, dependendo de como você pergunta. Tenha certeza se o valor da moeda é com ou sem o IOF e compare adequadamente entre elas.

Não é banco nem é público, mas parece! A segurança do local lembra uma agência bancária, mas o tempo de espera faz ali se parecer muito mais com uma agência do Ministério do Trabalho em dias típicos. Mas não estava cheio, estava vazio de atendentes! Várias posições de atendimento sem ninguém presente. E não se pode utilizar celular na salinha de espera da casa de câmbio, mas se você ficar do lado de fora a 1 cm da porta aí você pode fazer suas ligações para aproveitar seu tempo.

dólar canadense

Fique atento ao comprar dólar canadense ou outras moedas

Fui atendido e informado do valor do câmbio para o dólar canadense e das opções de pagamento. O atendente me informou que eu poderia fazer uma TED e que ele localizaria no sistema quando eu voltasse, e saiu apressadamente para seu intervalo. Achei o atendimento rápido demais e um até mesmo um pouco relapso. Se eu optasse por dinheiro seria mais prático, mas as filas estavam enormes nos caixas do shopping e preferi fazer a TED usando meu telefone. Transferi o dinheiro em alguns minutos ali mesmo na porta da casa de câmbio.

Compra em espécie x TED

Voltei para ser atendido e tive que pegar outra fila e somente havia uma atendente. Esperei uns 20 minutos e quando informei que havia feito a TED, ela me disse que somente iria compensar na parte da tarde e que sequer poderia verificar no sistema, pois ainda não tinha dado tempo! Pronto! A burocracia estava novamente no meu caminho, desta vez em uma empresa particular e que deveria se importar mais com o tempo cliente. Argumentei que a TED já deveria ter caído e se ela poderia verificar. Irredutível: “senhor, você precisa esperar no turno da tarde para a compensação”.

Eu não tinha como passar o resto da manhã e sei lá quantas horas na parte da tarde aguardando a boa vontade da mocinha. Fui solicitar o estorno da TED quando caísse pois iria comprar em outro lugar, agora em dinheiro mesmo, pois não havia outra escolha. O atendimento para solicitar o estorno foi ainda maior. Me deixaram esperando enquanto riam e conversavam na salinha ao fundo. Pegaram meus dados em um papelzinho e deram o prazo de 72 horas para devolverem o dinheiro.

Conclusão

Estas casas de câmbio tem lucro garantido, concorrência mínima e sabem que você precisa mais deles que eles de você. O cliente não tem muita escolha neste ramo e portanto a qualidade do atendimento às vezes é mínima mesmo. Claro que há exceções, mas eu não tive sorte muitas vezes. Seja chato, curioso e pergunte tudo. Calcule junto com o atendente antes de entregar seu dinheiro.

Como resultado tive que enfrentar as filas dos caixas eletrônicos e sacar o dinheiro. Fui até a outra casa de câmbio, comprei um pouco mais de dólar canadense e consegui ainda um desconto por estar comprando um pouco mais e ainda estar pagando em dinheiro. Foi uma boa compra, mas eu ainda preferia ter economizado tempo e resolvido tudo rapidamente!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)