A marcenaria é um dos ofícios mais antigos da humanidade. Ela é o ramo dos ofícios de pessoas que são capazes de transformar madeira em móveis e em arte. Muitas pessoas ainda confundem a marcenaria com a carpintaria: enquanto o primeiro transforma o material, o segundo é o profissional que trabalha com a madeira no ramo da construção civil, apesar de ser possível uma pessoa trabalhar em ambos os ramos.

Para ser um marceneiro, é necessário que a pessoa busque pela precisão. Que saiba dar um toque artístico para seus trabalhos, além de ter uma boa coordenação motora e habilidade manual,  além do conhecimento necessário para trabalhar com máquinas e ferramentas.

Estes conhecimentos podem ser facilmente adquiridos por vários cursos de marcenaria disponíveis em todo o território brasileiro. O mais reconhecido entre todos é o curso do SENAI, de reconhecimento nacional. Existem cursos e fóruns online que ajudam o marceneiro a aperfeiçoar seus conhecimentos.

Em alguns estados, os marceneiros se organizam em sindicatos, que além de defender a classe, podem ajudar muito aqueles que estão começando na profissão. Com uma rápida pesquisa no Google ou perguntando para um contador de sua cidade, você consegue esta informação com muita rapidez.

O mais importante com a marcenaria, assim como todo ofício manual, é a segurança. Muitos são aqueles que perdem dedos, cortam mãos e sofrem muitos acidentes ao manipular as ferramentas da marcenaria. Por isso, antes de começar, treine e  estude muito, além de usar todo o equipamento de segurança necessário para diminuir os perigos do manuseio com máquinas.

O ofício da marcenaria

A marcenaria é uma das profissões mais antigas do mundo e é muito difícil achar profissionais qualificados nessa área atualmente. (Foto: marceneirorj.com)

É recomendado, para que você faça um bom trabalho, um espaço bem ventilado e com espaço suficiente para suas ferramentas de marcenaria. Mesmo que seja só um hobby, tanto a serragem quanto as ferramentas podem ser um risco para sua saúde. O espaço maior e ventilado garante que você não ficará esbarrando em todos os cantos.

Se você tem históricos de alergia ou alta sensibilidade à poeira, consulte um médico alergista e saiba das dicas para seu trabalho. Tendo alergia ou não, a marcenaria lida com produtos químicos que podem ser muito prejudiciais à sua saúde. Máscaras faciais devem ser usadas a todo momento.

Você terá de estudar muito sobre madeira, geometria, encaixes, como fazer desenhos na madeira e muito mais.

O marceneiro tem alta demanda no mercado brasileiro, uma vez que muitos dos profissionais dessa área tendiam a fazer do ofício algo mais familiar e os filhos deles hoje escolhem o caminho da universidade. Mesmo com a marcenaria, você pode depois buscar mais conhecimentos em cursos como arquitetura, artes e até a engenharia. Sempre há formas de encontrar mais conhecimento.

Esperamos ter esclarecido algumas dúvidas sobre como se tornar um marceneiro. Caso você, leitor, precise de mais informações, é só perguntar no espaço de comentários abaixo. Estamos aqui para ajudar!

2 comentários para “Como se tornar um marceneiro?”

  1. José Marcos

    Beleza gostei eu sou marceneiro e carpinteiro Parabéns pela esplicasao

    Responder
  2. José Marcos

    Comecei com 7anos hoje tenho 43 cada dia aprendo alguma coisa diferente isto é ser marceneiro e muito bom agradeço a Deus por se um marceneiro

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)