Em algum momento, quase todo mundo já experimentou um desastre financeiro inesperado. Alguns surgem de infortúnios imprevistos: nossas ações caem, perdemos nossos empregos, uma emergência médica nos enche com grandes contas ou temos perdas não seguradas. Em outros casos, um revés financeiro poderia decorrer de sonhos que nunca se materializaram.

Por exemplo, um par de anos atrás, muitas pessoas investiram nos projetos de Eike Batista. Anos depois, Batista teve que encarar os fatos: suas empresas estavam com milhões em dívida. Tudo bem que você não é o Eike Batista, mas aposto que nem ele esperava um revés tão grande assim e deve estar perdendo os cabelos para tornar suas empresas rentáveis novamente.

Por mais difícil que possa ser para recuperar das adversidades, a alternativa é deixar que a adversidade te derrubar. Portanto, vamos aprender a lidar com a situação através de estratégias para retomar o controle de sua vida e finanças.

Ajuste sua atitude

Colocar o desastre financeiro em perspectiva adequada é o primeiro passo para superá-la. Você pode também moldá-la como uma oportunidade para o crescimento.

Nós podemos aprender muito mais com os nossos fracassos do que com os nossos sucessos. Vítimas de reveses financeiros devem examinar seus papéis pessoais em ajudar a criar o resultado e devemos possuir as nossas falhas da mesma forma como fazemos os nossos sucessos. Se o nosso foco é totalmente para fora, nos condenamos a repetidos fracassos.

Se a depressão relacionada ao dinheiro persistir, um psicólogo ou conselheiro financeiro podem ser ótimas opções  de aconselhamento para você fugir e evitar que o problema se agrave. Muitas cidades tem linhas telefônicas de atendimento emergencial para quem está deprimido e muitas faculdades oferecem ajuda psicológica gratuita ou muito barata.

Evite fazer as coisas piores

A melhor compreensão de suas finanças irá ajudá-lo a se recuperar e evitar problemas futuros, mas não se apaixone por promessas de reparação de crédito ou soluções rápidas. A maioria deles são fraudes e coletam uma grande quantidade de dinheiro de pessoas que absolutamente não podem arcar com isso.

A maioria das empresas de aconselhamento de crédito, incluindo organizações sem fins lucrativos subsidiadas por empresas de cartão de crédito, fazem pouco para ajudar os seus clientes. Em vez de cair nessa armadilha, obter ajuda de instituições financeiras que oferecem aconselhamento como um serviço de membro ou de conselheiros financeiros registrados, que muitas vezes também têm programas de finanças pessoais. Você pode também ler e pesquisar bastante antes de tomar alguma atitude em relação ao seu dinheiro.

Dívidas como oportunidades

Quando tudo parece estar indo por água abaixo, use isto como uma oportunidade para construir um submarino e emergir das águas da dívida. (Foto: netrightdaily.com)

Crie um orçamento

Futuros brilhantes dependem do que fazemos hoje. Uma estratégia importante para evitar o desastre financeiro é ter dinheiro de lado para aqueles dias ruins, mas como poupar quando você ainda está lutando contra a dívida? Um desastre financeiro pode ter um efeito colateral positivo e dar ao seu orçamento um salto de partida.

A parte mais difícil de estar em um momento difícil é ser realista. Quando em dívida, o conselho é construir uma poupança, afim de criar uma almofada financeira. Poupar até R$50 por mês em uma conta de rendimento sólido pode ir um longo caminho para mantê-lo no caminho certo da próxima vez que algo inesperado surgir.

Tesouro Direto, Poupança e CDB são geralmente as melhores opções nestas situações.

Mãos à obra

Emprego pode ser a chave para recuperar a saúde financeira e auto-estima. Se você perdeu seu emprego, precisa de um melhor ou está pensando em tomar um segundo emprego, encontrar trabalho quando o desemprego é uma grande ameaça pode ser assustador, mas também pode ser feito. As circunstâncias muitas vezes ditam nossas escolhas.

Às vezes, ter um trabalho com pagamento inferior é simplesmente um meio para um fim, tais como garantir que as contas sejam pagas.

Menos prestígio e salários mais baixos não tem que durar para sempre. Futuros empregadores vão entender que tempos brutais muitas vezes exigem decisões difíceis. A caça de trabalho pode ser um desafio. Se possível, busque educação continuada para conseguir um bom emprego mais viável em algum tempo.

Sites na internet são sempre uma ótima opção inicial de pesquisa para oportunidades, além de anúncios em jornais locais e o clássico boca a boca, principalmente para empregos emergenciais.

Coloque sua hipoteca em forma

Se você estiver em perigo de perder a sua casa ou o fardo de carregar a sua hipoteca é esmagadora, deve ser uma das suas primeiras considerações ao trabalhar seu caminho para fora de um buraco negro financeiro. Manter um teto sobre sua cabeça e ao mesmo tempo encontrar uma forma de gerir a dívida pode ser complicado, mas não impossível. A solução é muito dependente das circunstâncias.

A chave é encontrar um agente imobiliário ou um advogado especializado em trabalhar com proprietários de imóveis endividados. Esta não é a hora de contar com os conselhos do seu cunhado

Sim, você pode

Se tomarmos um olhar crítico sobre os nossos métodos, podemos aprender com nossas falhas e aumentar a nossa probabilidade de sucesso no futuro.

E você? Onde está com sua dívida? Estaria você preparado para uma catástrofe financeira?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)