Você quer aprender como comprar ações de empresas. Provavelmente, também quer comprar ações pela internet. Esta segunda pergunta é mais fácil de responder: comprar ações da Vale, comprar ações do Bradesco, ou até comprar ações da Apple nos EUA. Tudo isso só pode ser feito pela internet hoje em dia. Ou seja, obrigatoriamente, todas as ações são compradas pela internet, através de um intermediador. Esse intermediador é que responde parte da pergunta do título deste artigo.

Corretora de valores para comprar ações

Para comprar ações, você precisa de uma conta em uma corretora de valores. Elas são um tipo de intermediário, autorizado a atuar diretamente no mercado de ações, seja no Brasil ou no exterior. Você dá uma ordem de compra ou venda de ações através da corretora e ela, atuando diretamente na Bolsa de Valores, vai efetuar a compra da quantidade de ações que você pediu. Simples assim, mas, vale a pena explicar mais a fundo esse processo para que você não saia comprando ações de cara, sem responsabilidade e de uma forma que vai acabar com seu dinheiro rapidamente.

Como fazer para comprar ações: passo a passo!

Estude sobre diversificação de investimentos. Entenda que a Bolsa de Valores é um mercado altamente especulativo. Mesmo que as ações estejam em baixa e os veículos de mídia recomendarem a compra de ações em momentos de baixa e venda no momento de alta, eles não falam que é mais fácil perder o dinheiro na Bolsa de Valores do que ganhar. Nem falam que é necessário paciência e muito autocontrole. Sequer avisam que quem tem pouco dinheiro deve primeiro ir a opções mais seguras de investimentos: títulos do tesouro, renda fixa, CDB, e por aí vai. Assim, você constrói a riqueza com segurança, e tem tempo de conhecer o mercado de valores antes de investir.,

Começando a investir em ações

Antes de investir em ações, aprenda a diversificar seus investimentos e estude bastante sobre o mundo financeiro. (Foto: aia.org.pk)

Tenha consciência de que quem faz dinheiro com ações na Bolsa de Valores demorou anos para fazer o dinheiro. Não existe tal coisa como ficar milionário da noite para o dia com ações. São raríssimos os casos em que isso acontece, e você tem mais chances de ganhar na Mega Sena do que ficar milionário comprando e vendendo ações. Lembre-se: bolsa de valores não é uma casa de apostas.

Avisos dados, o primeiro passo para comprar ações é abrindo uma conta com uma corretora de ações. Você vai assinar alguns documentos (comprovante de renda, comprovante de residência, documentos de identidade, etc), que podem ser entregues em uma unidade física da corretora ou enviados por e-mail. Você deverá então, para fazer transações, depositar dinheiro na sua conta da corretora, assim como faz com a conta em um banco.

Uma vez que você abrir uma conta e depositar o dinheiro, você vai dizer ao seu corretor quantos e que tipos de ações que você gostaria de comprar. A corretora fará a transação em seu nome. Por sua vez, para cada ordem de compra ou venda de ações, é cobrado um valor de corretagem, um valor pelo serviço prestado.

Depois de selecionar as ações que você quer comprar, você pode fazer uma “ordem de mercado” ou uma “ordem de limite”. A ordem de mercado é aquela em que você solicitar uma compra de ações ao preço de mercado em vigor. A ordem de limite é quando você pedir para comprar ações com um preço X. Por exemplo, se você quiser comprar ações da Petrobras por R$10 por ação, e ela está sendo negociada atualmente em R$12, em seguida, a corretora vai esperar para adquirir as ações quando o preço chegar no valor que você ordenou. O mesmo vale para a hora de vender as ações, estabelecendo um limite para começar a vender ações. Existem também os limites de “stop loss” e o “take profit”: o primeiro serve para vender ações quando há uma queda acentuada e você quer limitar suas perdas. O segundo é um outro limite para vender as ações após uma alta, realizando seu lucro.

Vantagens e benefícios de uma corretora de valores

Em uma corretora de valores, você pode efetivar ordenar a compra e a venda de ações online ou também por telefone, e-mail e até presencialmente. Porém, todas as corretoras brasileiras, praticamente, oferecem o home broker, facilitando que você realize as transações de ações pela Bolsa de Valores. Muitas delas oferecem cursos e indicações de compra e vendas de ações e outros investimentos de acordo com seu perfil de investidor. Vale a pena pesquisar e comparar os valores de corretagem e outros custos de cada corretora, para encontrar a ideal para você. As melhores são aquelas que possibilitam mais de um investimento, e você pode acompanhar vários rankings das melhores corretoras para se decidir.

Tenha cuidado ao investir em ações

O mais importante é sempre lembrar: quem investe é você, a corretora dará conselhos, mas não fará o trabalho por você. Seja cauteloso e estude muito antes de entrar no mundo da Bolsa de Valores. A recomendação de muitos especialistas é começar na Bolsa através de Fundos de Investimento Multimercado, de forma a medir um pouco de como é lidar com a volatilidade financeira do mercado de ações, sem se expor demais ao risco.

Nossa recomendação é que você só comece a lidar com o mercado de ações quanto tiver mais de R$10 mil em outros investimentos de risco baixo ou moderado. Só assim, você conseguirá controlar melhor seu risco.

Você já investe na Bolsa de Valores? Como você aprendeu? O que você recomendaria para quem está começando agora?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)