Ao receber um cartão de crédito ou débito, é necessário fazer o desbloqueio do cartão para permitir sua utilização. Cada banco ou instituição financeira adota diferentes procedimentos para desbloqueio do cartão, mas seguem o mesmo passo a passo básico, que é fácil de seguir para desbloquear o cartão.

Cadastrar senha do cartão

A maioria dos bancos vai pedir que você cadastre uma senha do cartão com um gerente, na agência bancária onde você fez a solicitação do cartão de crédito/débito. Alguns bancos enviarão uma senha gerada automaticamente junto ao cartão de crédito/débito, mas isso tem se tornado menos comum.

Para fazer o cadastro da senha na agência bancária, você vai precisar levar os seguintes documentos:

CPF

Documento de identificação com foto. RG, CNG, Carteira de Trabalho originais.

Faça uma senha que você consiga decorar, mas que não seja tão fácil de decifrar. Os teclados numéricos de bancos tem, em cada número, 3 a 4 letras do alfabeto. Use essas letras como referência para criar uma senha. Por exemplo, você pode usar as iniciais do seu nome e o dia de um feriado nacional, como finados, independência do Brasil, etc.

Uma pessoa de nome José da Silva Costa teria as seguintes senhas, seguindo essa regra:

Senha de quatro dígitos: 5721. No teclado alfanumérico, 5 corresponde à letra J, 7 à letra S, 2 à letra C. O número 1 é o primeiro feriado do ano, no dia primeiro de janeiro.

Senha de seis dígitos: 572079. No teclado alfanumérico, 5 corresponde à letra J, 7 à letra S, 2 à letra C. O número 07 é do feriado de 07 de setembro, e 9 corresponde ao mês de setembro.

Senha de oito dígitos: 57207915.  No teclado alfanumérico, 5 corresponde à letra J, 7 à letra S, 2 à letra C. O número 07 é do feriado de 07 de setembro, e 9 corresponde ao mês de setembro. O 15 corresponde ao ano em que o cartão foi feito.

Essa é uma regra bem simples, para te ajudar a memorizar a senha. O ideal é que você faça uma senha sem “regras”, mas sabemos que isso pode ser muito difícil de decorar, principalmente senhas com 8 dígitos. Guarde a senha em um lugar extremamente seguro, e não compartilhe com ninguém.

Como desbloquear cartão de crédito ou débito

Qualquer cartão é simples de desbloquear. São apenas alguns passos simples para conseguir passar a usar seu cartão, seja ele de qualquer banco ou instituição financeira. (Foto: manorsolutions.co.uk)

Desbloquear o cartão

Com a senha em mãos, você deve ir a um Caixa Eletrônico de seu banco ou instituição financeira para efetuar o desbloqueio do cartão. Basta inserir o cartão no caixa eletrônico e seguir às instruções na tela, confirmando algumas informações pessoais e sua senha cadastrada.

Alguns bancos, durante o desbloqueio do cartão, vão acrescentar alguns recursos extras de segurança. O Banco do Brasil e a CAIXA imprimirão para seus clientes um código de 3 sílabas ou letras, para ser usado durante as verificações de segurança em caixas eletrônicos. O Santander pedirá que você cadastre um código de verificação de 3 dígitos. Bradesco e outros bancos com identificação biométrica pedirão o cadastro da sua impressão digital ou palma da mão. Verifique com seu gerente quais são as etapas extras de segurança que seu banco adotará no momento do desbloqueio do cartão.

Cartões empresariais podem precisar ser desbloqueados pelo internet banking, com uso de tokens ou códigos de segurança.

Desbloquear o cartão pelo telefone

Alguns cartões oferecidos por bancos e instituições financeiras só podem ser desbloqueados a partir do atendimento telefônico, utilizando a senha cadastrada no banco ou a senha recebida pelos correios.

Cartão bloqueado. E agora?

Por motivos de segurança, se você inserir sua senha, código de acesso, ou outras informações para usar seu cartão incorretamente, o seu cartão é bloqueado. Em alguns casos, você pode fazer o desbloqueio pelo SAC do cartão, pelo número de telefone disponível na parte traseira do cartão de crédito/débito.

Na maior parte das vezes, quando o cartão é bloqueado, será necessário ir até sua agência, conversar com seu gerente, e fazer uma nova senha. É um trabalho a mais, com certeza vai tomar um bom tempo do seu dia. Mas é a melhor forma de garantir sua segurança.

Ficou ainda alguma dúvida sobre o desbloqueio do cartão? Deixe suas perguntas nos comentários, e faremos o possível para respondê-las!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)