O número de pessoas que trabalham para além da aposentadoria sobe de forma constante. Alguns continuam trabalhando porque eles precisam do dinheiro, outros porque gostam de suas funções e não querem parar de uma hora para outra.

Algumas empresas e cargos públicos ainda insistem em uma idade de aposentadoria mandatória, mas eles tem que ser capazes de justificar isso objetivamente. Empregos que exigem um alto nível de aptidão física podem se enquadrar nesta categoria. Alguns empregadores, sabiamente, vão debatendo a aposentadoria em uma base anual, chegando a um acordo com cada funcionário de quanto tempo eles ainda podem continuar.

Ao continuar no trabalho para pagar as contas, o aposentado precisa saber de algumas importantes informações sobre esse tipo de trabalho.

Aposentado pode trabalhar com carteira assinada?

Aposentado pode continuar trabalhando, sem qualquer mudança no vínculo empregatício. Não há qualquer limitação legal para o trabalho do aposentado, seja ele de tempo integral ou parcial.

Benefícios trabalhistas após a aposentadoria e continuar no trabalho

Após se aposentar, mas continuar trabalhando, o aposentado perde alguns direitos do INSS, mas receberá um extra salarial que é essencial na composição da renda familiar. (Foto: divulgação)

Aposentado que continua trabalhando tem direito a auxílio doença?

Ao se aposentar, o trabalhador perde o direito a alguns benefícios do INSS, sendo o auxílio doença e o auxílio acidente os benefícios mais importantes que são perdidos. Se ele adoecer, também não terá direito ao auxílio doença. Se sofrer um acidente, também não terá direito ao auxílio. Cabe lembrar, porém, que o trabalhador continuará recebendo sua aposentadoria normalmente.

Aposentado pode continuar trabalhando, mas quais direitos mantém o aposentado?

Apenas o salário família e reabilitação profissional, que é sada quando o trabalhador precisa ser realocado em suas funções após acidente de trabalho que o impossibilita de exercer função específica.

Os trabalhadores mais velhos não pagam Seguro Nacional
Depois de chegar a idade legal de reforma, você não está mais obrigado a pagar seguro nacional. Se você continuar a trabalhar para um empregador, você deve fornecê-los com a prova de sua idade (certidão de nascimento, passaporte ou certificado de exceção idade) e verificar que as contribuições para a Segurança Social não são deduzidos do seu salário.

Me aposentei e continuo trabalhando. Posso sacar o FGTS?

Sim. Aposentado que continua trabalhando pode sacar o fgts mensalmente, a cada novo depósito feito pelo empregador.

Me aposentei e continuo trabalhando na mesma empresa, preciso pagar INSS? E autônomo?

Quem aposentou e continuar trabalhando com carteira assinada precisa continuar pagando INSS. Quem é autônomo, não.

Sou aposentado e continuo trabalhando posso pedir revisão?

Pode, desde que o trabalhador tenha continuado suas contribuições para a Previdência. É a chamada desaposentação. Ao fazer essa revisão, o trabalhador pode aumentar o valor do benefício da aposentadoria. É necessário desistir da primeira aposentadoria para entrar com uma nova. Tudo isso deve ser feito com o auxílio de um bom advogado. Com as novas regras da aposentadoria, pode não ser tão vantajoso. O vídeo abaixo explica isso um pouco melhor.

Se você vai aposentar e continuar trabalhando, pode ser melhor adiar o pedido de aposentadoria

Assim, você pode aumentar o valor usado na base de cálculo para a sua aposentadoria. Você não vai receber sua aposentadoria, mas pode aumentar o valor dela consideravelmente, mesmo que seja apenas um ou dois anos. Converse com um contador ou vá a uma unidade de atendimento da Previdência Social para fazer alguns cálculos.

Previdência privada e continuar trabalhando pode?

Como a Previdência Privada é uma aposentadoria que funciona com regras próprias, não há limitações quanto ao seu uso após o pedido de aposentadoria. Contudo, cabe lembrar que o quanto antes você começar a mexer na Previdência Privada, menos você vai receber mensalmente.

Iniciando seu próprio negócio depois de se aposentar

A aposentadoria oferece a muitas pessoas a chance de parar de trabalhar para um empregador e montar um negócio próprio. A forma mais simples de autoemprego é o comércio, mas não é a única forma. Você pode montar uma pequena indústria, uma empresa de serviços. Fazer uma sociedade.

Ter um negócio próprio pode ser extremamente gratificante, mas requer um planejamento cuidadoso, um plano de negócios muito bem feito e uma completa análise de risco. Lembre-se que um aposentado não pode correr os mesmos riscos que uma pessoa mais jovem, pois tem menos tempo para se recuperar de prejuízos.

Ficou alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas, e responderemos o quanto antes!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)