A tarifa de pagamento de contas é uma cobrança legal e regulamentada pelo Banco Central, desde que siga algumas regras básicas para sua incidência. Por exemplo, os bancos não podem cobrar uma tarifa de pagamento de contas ao fazer pagamentos pelo internet banking, caixa eletrônico ou na boca do caixa com pagamento através de débito diretamente na sua conta ou por dinheiro/cheque. Porém, quando o pagamento usa outra fonte de recursos, tal como um cartão de crédito, o banco pode cobrar a tarifa de pagamento de contas.

Como funciona a tarifa de pagamento de contas?

Digamos que você está pagando alguma conta pelo seu internet banking e escolhe como meio de pagamento seu cartão de crédito. Como o cartão de crédito não é “dinheiro”, como os recursos disponíveis em sua conta corrente ou que você tem em mãos, ele funciona como uma operação financeira a mais. Sendo mais simples, é você pegando um empréstimo no banco para pagar uma conta. Como o pagamento das faturas dos cartões de crédito é mensal, você tem, pelo menos, 30 dias para pagar sua conta.

Custo alto de pagar contas pelo cartão

Pagar contas no cartão de crédito é caro e deve ser evitado. Mas se você não pode evitar, pelo menos, saiba quanto você vai pagar a mais por isso. (Foto: moneygizmo.net)

Porém, como quase todas as operações financeiras, o banco pode cobrar pelo pagamento de contas no cartão de crédito. Afinal, ele tem que disponibilizar o dinheiro com antecedência para a empresa, serviço público ou pessoa que emitiu o boleto de pagamento. É um risco que o banco assume, porque ele está te emprestando o dinheiro, sem a garantia de que você pagará sua fatura em dia na data certa. Assim sendo, o banco vai cobrar a tarifa de pagamento de contas no cartão de crédito. Em alguns casos, pode até incidir juros, e você tem que se policiar para não acabar com uma conta bem mais cara do que realmente era.

A mesma tarifa pode ser cobrada ao usar algum tipo de linha de empréstimo ou financiamento emergencial, mas as regras dependem da linha de crédito e das regras de seu banco, mas deixando claro: você só deve pagar a tarifa de pagamento de contas se, em seu contrato, ela estiver bem explicada e, durante o pagamento da conta ou boleto, o banco ou instituição financeira mostrar em vários avisos diferentes que você irá pagar a tarifa. Além disso tudo, sobre o pagamento da conta, há também a incidência de IOF, já que é uma operação financeira de empréstimo.

Quanto custa a tarifa de pagamento de contas?

O custo da tarifa de pagamento de contas varia. Alguns bancos e cartões de crédito, tais como os cartões Platinum e Infinite, podem isentar os clientes da cobrança de tarifas de pagamento de contas. De acordo com seu relacionamento com o bando e em alguns tipos de contas diferenciadas, para clientes de alta renda, pode também existir a isenção de cobrança de tarifas ou cobrança de tarifas promocionais para o pagamento de contas.

Para encontrar o valor exato de seu banco ou comparar diferentes bancos e instituições financeiras, o site da FEBRABAN tem uma lista compreensiva para você comparar tarifas de pagamento de contas e encontrar as mais baratas. Você também pode acessar a lista de serviços essenciais no site do seu banco, onde eles devem incluir o valor exato da tarifa de pagamento de contas. Entrar em contato com o SAC ou dentro de sua página do internet banking são também dois meios válidos para encontrar a tarifa de pagamento de contas.

Caso você não consiga encontrar, não tenha vergonha de perguntar nos comentários. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)