Digamos que você não tem uma conta no banco para receber dinheiro ou um pagamento por um produto ou serviço, e que você não tenha um cartão de crédito para usar em um app de transferência de recursos online. Existe um serviço disponibilizado por bancos e instituições financeiras que você pode utilizar: a ordem de pagamento. Mas como funciona? O que é? Vamos entender.

Ordem de pagamento: o que é?

Uma ordem de pagamento é um serviço oferecido por bancos e instituições financeiras para possibilitar clientes e não clientes receberem dinheiro diretamente na boca do caixa, em espécie, sem a necessidade do intermédio de uma conta corrente. A ordem de pagamento é também conhecida como cheque administrativo. Geralmente usado para transações internacionais, a ordem de pagamento vem sendo substituída no mercado pelas transferências eletrônicas, tais como TED e o DOC.

Como usar a ordem de pagamento

A ordem de pagamento é uma transferência de recursos sem a necessidade de conta bancária, podendo ser realizada dentro de um mesmo país ou transferindo recursos para o exterior. (Foto: http://conceitos.com)

Ordem de pagamento: como funciona?

Um indivíduo quer fazer uma transferência para uma outra pessoa. Primeiro, ele deve pesquisar qual o banco ou instituição financeira em que seja mais prático para essa outra pessoa realizar o saque. Pode ser um banco com uma agência perto do trabalho da pessoa, perto da casa, no caminho da escola, etc. Escolhendo, a pessoa deve ir a agência mais próxima desse banco ou instituição com os seguintes documentos e informações pessoais:

  • Nome completo
  • RG ou outro documento de identidade com foto
  • CPF
  • Filiação
  • Contrato assinado

Tal contrato é o da própria ordem de pagamento, que pode ser assinada no momento da transferência no banco. Junto a esses documentos, o interessado em realizar a ordem de pagamento deverá levar o valor que será transferido junto ao valor da tarifa da ordem de pagamento (disponível na tabela de serviços do banco ou instituição financeira).

No momento da assinatura do contrato, o emitente da ordem de pagamento deverá fornecer os seguintes dados de quem receberá os recursos:

  • Nome completo
  • RG ou outro documento de identidade
  • CPF
  • Filiação
  • Número do contrato

Esses mesmos dados devem ser fornecidos para a pessoa que receberá os recursos. Caso a ordem de pagamento estiver sendo depositada diretamente em uma conta corrente ou poupança, a agência e número de conta devem ser fornecidos no momento da emissão da ordem de pagamento.

O cliente que emitiu a ordem de pagamento deve então informar a quem vai recebê-la para que ele possa sacar. Se necessário, o emissor da ordem de pagamento pode perguntar qual a agência mais próxima de onde o destinatário mora ou trabalha para que possa ser realizado o saque.

Ordem de pagamento: prazos

Há um prazo de saque de 48 horas para a ordem de pagamento, e um prazo limite de 7 dias, geralmente, para o saque dos valores. É importante fornecer os dados do contrato a quem for sacar o dinheiro o mais rápido possível, evitando problemas.

Cuidados com a ordem de pagamento

Seja alguém recebendo o dinheiro de um consignado, ou alguém recebendo recursos internacionais através da ordem de pagamento, é importante tomar certos cuidados no momento do saque.

Saque o dinheiro e guarde em uma bolsa ou carteira, com muito cuidado. Deposite esse dinheiro em uma conta bancária ou guarde em um local seguro, o quanto antes. Principalmente aposentados que estiverem sacando uma ordem de pagamento de um empréstimo consignado, é recomendado não ir sozinho, e ir direto para casa ou banco onde tem conta imediatamente.

Mesmo que você só tenha uma conta poupança, a recomendação é usá-la para depositar o dinheiro, para garantir maior segurança.

Guarde cópias da ordem de pagamento pois, em raros casos, pode ocorrer dela ser sacada por outra pessoa e você ter de garantir seus direitos.

Tipos de ordem de pagamento

Os tipos de ordem de pagamento que existem são: cheque internacional, para transferências com destino fora do Brasil; ordem comercial, emitida por entidade ou empresa que estiver enviando dinheiro para conta bancária em outro país; ordem de pagamento cruzada, para facilitar o pagamento através de conta corrente e nunca em dinheiro.

Vale a pena usar a ordem de pagamento?

Hoje em dia, a ordem de pagamento talvez só tenha utilidade para quem tem que transferir dinheiro para o exterior. Mesmo assim, há formas de transferência online mais seguras e baratas, o que faz a ordem de pagamento cair em desuso. Se não há como fazer a transferência via eletrônica, use a ordem de pagamento, garantindo que a pessoa a quem os recursos se destinam poderá sacar os valores. O custo da ordem de pagamento também torna mais atrativo transações eletrônicas.

Ficou alguma dúvida sobre ordem de pagamento? Deixe nos comentários suas perguntas. Estamos aqui para ajudar nossos leitores com soluções práticas às dúvidas que surgirem.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)