Todo ano, vira uma correria a hora da declaração do imposto de renda. São vários documentos e declarações que você tem que procurar, encontrar, se revirar e juntar em um curto espaço de tempo. Com a organização certa, fica mais fácil este processo de organização dos documentos, principalmente sabendo onde e como conseguir as principais declarações para entregar na Receita Federal.

Comprovantes de rendimento

Com certeza, as declarações mais importantes são aquelas que comprovam os recebimentos durante o ano. As empresas são obrigadas a entregar aos seus funcionários tais comprovantes até fevereiro de todos os anos. Caso você perca ou não tenha recebido, uma rápida visita ao departamento pessoal de sua empresa irá conseguir este comprovante para você.

Consta no informe de rendimentos seu salário bruto, imposto descontado na fonte e contribuição para Previdência Social.

Declaração/Recibo do plano de saúde

No site do plano de saúde, nas agências de atendimento, pelo telefone e até por carta, o plano de saúde deve enviar um documento com todos os gastos durante o período de um ano.

Declarações para IRPF

Caso tenha dúvidas sobre quais declarações serão necessárias para sua declaração do Imposto de Renda, não deixe de buscar a ajuda de um profissional. (Foto: www.linkatual.com)

Declaração/Comprovante de gastos com instrução

Boletos de pagamento e/ou declarações que comprovam gastos com ensino. Há um valor limite, entretanto, para tais gastos na declaração do imposto de renda.

Declarações/Comprovantes de aplicações financeiras de renda fixa

Toda instituição financeira, seja ela um banco ou corretora, deve disponibilizar aos seus clientes um informe com aplicações financeiras, normalmente entregue via carta ou disponível para impressão no próprio site da instituição.

Declaração/Comprovantes de pagamento de IR sobre ações

Mesmo com a contribuição mensal das ações, é necessário informar tais aplicações financeiras na declaração do imposto de renda. Tal declaração está disponível no site da instituição financeira pela qual você intermediou a compra de ações na bolsa ou você pode também recebê-lo por carta.

Observações

Concentramos aqui nossos esforços nas declarações necessárias para o imposto de renda. Há mais documentos necessários, como imóveis, doações, entre outros. Porém, estas declarações são mais fáceis de obter e demandarão menos esforços. Com a organização certa, todo final de ano você pode já ter estas declarações em mãos, te ajudando a poupar esforços para documentos que possam ser mais complicados de conseguir. Com organização e planejamento, tudo fica mais fácil.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)