SEPA é um acrônimo das palavras Single Euro Payments Area, ou Área Única de Pagamentos em Euros. A Comissão Europeia decidiu pelo estabelecimento uma área de mercado doméstico para pagamentos e transações no Espaço Econômico Europeu. A área incluirá os estados da União Europeia junto à Noruega, Islândia, Lichtenstein e Suíça.

O que significa SEPA e qual seu objetivo?

SEPA é um acrônimo das palavras Single Euro Payments Area, ou Área Única de Pagamentos em Euros. O objetivo da Comissão Europeia é estabelecer um mercado único para operações de pagamento no Espaço Econômico Europeu. As transações de pagamento na área da SEPA não serão diferentes dos pagamentos domésticos, uma vez que as transações de pagamento serão realizadas de acordo com os mesmos termos e condições, padrões e preços que os pagamentos domésticos.

Que serviços serão afetados pelo SEPA?

A primeira fase incluirá transferências de crédito, débito direto e cartões de pagamento. Mais tarde, o SEPA cobrirá os serviços de transações de pagamento de forma mais ampla, gradativamente evoluindo para todos os serviços do mercado financeiro europeu.

Quando os serviços SEPA serão introduzidos?

Os serviços SEPA foram introduzidos em fases a partir de 2008 e, após um período de transição, eles substituíram os serviços de transações de pagamento nacionais existentes. Na Finlândia, o período de transição durou até o final de 2010 para as transferências de crédito. Um período de transição ainda não foi definido para débito direto, e o cronograma de transição para os cartões de pagamento foi decidido individualmente por cada banco.

SEPA

Compreendendo a SEPA vai te ajudar a entender melhor as transações financeiras internacionais com a Europa. (Foto: Clear Direct Debit)

Como o SEPA afetará os clientes de serviços financeiros na Europa?

Os números de conta no formato doméstico serão descontinuados, sendo reformulados para atender aos critérios da SEPA. Certos serviços financeiros em diversos países foram descontinuados para dar espaço a novos tipos de transações financeiras. O mesmo vale para pagamentos com cartões, que foram substituídos pelas novas diretrizes estabelecidas pela SEPA. Substituições e atualizações de terminais de pagamento e provedores de sistemas de recebimento de pagamentos foram realizadas para atender às requisições da SEPA.

Quais os benefícios do SEPA?

As empresas que operam a nível internacional se beneficiam do baixo custo dos pagamentos através da União Europeia e da SEPA, além de transações de pagamento na zona do euro também são processadas mais rapidamente. A SEPA também introduz a possibilidade de maior competitividade através da padronização das transações online. O SEPA também facilitará as empresas a centralizarem seus pagamentos com um banco e reduzir o número de contas bancárias estrangeiras. Pessoas físicas que efetuam pagamentos dentro da zona do euro se beneficiam do baixo custo dos pagamentos e do processamento mais rápido.

Ficou alguma dúvida sobre o SEPA? Deixe nos comentários suas perguntas que iremos responder o quanto antes!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)