A tão sonhada viagem internacional está chegando e você já tem tudo planejado. Seu passaporte já foi tirado, seu visto está certinho, suas malas já estão compradas e sua lista de coisas que irá levar já está prontinha. Falta agora decidir como você irá pagar pelas suas compras durante as viagens? A maioria dos turista opta pelo Travel Money, cartões pré-pagos ou por dinheiro vivo mesmo. Mas existe uma outra opção que poucos conhecem: o cartão de débito internacional.

Basicamente, cartões de débito internacionais funcionam lá fora da mesma forma que funcionam aqui. Porém, nem todos os bancos oferecem este tipo de serviço, sendo exclusivo em alguns casos só para um certo perfil de clientes. O Banco do Brasil, o HSBC, o Santander, Caixa, Bradesco e Itaú estão entre os bancos brasileiros que oferecem essa modalidade de uso para seu cartão de débito.

Antes de entrarmos em custos, precisamos conversar sobre algumas questões práticas do uso dos cartões de débito internacional. Quando falamos nas bandeiras dos cartões, como Visa e Mastercard, estamos falando das redes nas quais os cartões são aceitos e por onde eles operam. Temos de incluir nessa equação a bandeira Cirrus/Maestro, para cartões Mastercard, Plus, para cartões Visa, e para aqueles que possuem cartões American Express, a rede Amex. Por que isso é importante? Nem todos os lugares lá fora aceitarão todas as redes de cartões. E isso pode te pegar de surpresa, te deixando sem muitas opções de pagamento. É sempre importante que a pessoa leve consigo mais de uma forma de efetuar pagamentos fora do Brasil para não estragar sua viagem com um probleminha que poderia ser solucionado com um simples planejamento.

Opção para pagamentos no exterior

Uma excelente opção para pagamentos, o cartão de débito internacional proporciona as menores taxas para as transações e a maior segurança ao viajante. (Foto: viajandocomatraveltime.blogspot.com)

Outra coisa importante é saber seus limites semanais e diários de saque e pagamentos. Se você achar eles muito ruins, peça ao seu gerente um aumento em seus limites. Além disso, peça a ele que libere seu cartão de débito para utilização internacional. Esclareça todas as suas dúvidas, incluindo os valores e tarifas cobrados pelo banco para não ter dores de cabeça.

Agora é hora dos valores. Quando você for sacar seu dinheiro, o câmbio a ser levado em conta será o dólar turismo do dia, que é um pouco mais cara que o dólar comercial. Esta é a cotação que será utilizada para todas as transações com cartões que você fizer fora do Brasil. Além desta cotação, os bancos são obrigados a cobrar o IOF de 0,38% sobre qualquer transação, seja saque ou débito, utilizando o cartão. Isso é uma vantagem, já que a utilização do cartão de crédito implica em um IOF de mais de 6%.

Falando nos bancos, eles também cobram diferentes valores para o serviço de saque de valores no exterior. Esses valores podem variar dependendo de seu pacote de serviços e relacionamento com o banco mas, na última pesquisa que fizemos, na ordem do banco mais barato para o mais caro, o preço de saque ficou assim: Bradesco, Itaú, HSBC, Banco do Brasil, Santander. Dependendo do tipo de caixa eletrônico que você utilize, podem haver outras taxas. Cartões Mastercard saem na vantagem porque seus cartões não cobram tarifa de saque.

Um cuidado a mais que o indivíduo deve ter é garantir que no momento de suas compras, a compra seja registrada como débito em seu cartão. Muitas são as pessoas que reclamam que suas compras foram registradas como crédito lá fora, o que pode causar um prejuízo financeiro desnecessário.

Portanto, fique de olho: o cartão de débito é a forma mais barata para pagamentos no exterior, mas é a que requer mais cuidados por parte do viajante.

2 comentários para “Como usar o cartão de débito internacional?”

  1. Paulo da Silva Ferreira

    Eu gostaria de saber se o cartão conta salario da caixa posso comprar fora do pais na internet.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Paulo, compras internacionais somente com cartão internacional.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)