Hoje ao ler alguns artigos a assistir vídeos no Youtube sobre o assunto Imposto de Renda, me deparei com um vídeo muito interessante, apesar de revoltado, do jornalista Luiz Carlos Prates. O vídeo fala de um episódio em que o dinheiro público fui usado para a compra de passagens para a Europa, com fins turísticos para familiares de políticos.

Você já foi à Europa? Pode até ser que não, mas já pagou para várias pessoas irem, ficar em bons hotéis, tomar bons vinhos e se divertir. Como você é bonzinho!

A história já tem algum tempo que apareceu na mídia, mas nem por isso o caso se torna banal. Certamente ainda existem casos como este ocorrendo por todo o Brasil e, mesmo que não seja para a Europa, muitos políticos usam o seu imposto de renda para viajar desnecessariamente!

Europa - Torre Eifell

Já pagou seu imposto de hoje para o seu político ir passear na Europa?

Este tipo de aberração na utilização da verba pública infelizmente é muito comum no Brasil e tudo isto quem paga são os contribuintes. O imposto de renda é uma grande parte da arrecadação do governo federal. Enquanto há pessoas que não pagam o imposto de renda por não terem renda suficiente e estarem isentos, os que ganham mais pagam um valor considerável, podendo chegar a 27,5% da renda!

Considerando que é imposto, obrigatório, compulsivo, ninguém gostaria de pagar, ainda mais para ver o dinheiro sendo jogado no ralo e servindo para o lazer de políticos corruptos. O jornalista Luiz Carlos Prates sempre tem este estilo nervoso, veemente de dizer as verdades que muitos de seus amigos não tem a coragem de dizer. E diz a verdade: não pague mais imposto de renda.

Apesar de ser esta a vontade de todos, de não pagar o imposto de renda, ele é obrigatório e não há como escapar. O que dá pra fazer é ficar de olhos nos políticos, especialmente no passado dos mesmos e evitar que eles sejam eleitos novamente. Quanto ao impostso de renda, é melhor começar logo a fazer e não deixar para última hora, senão você corre o risco de receber uma multa e ter que pagar ainda mais passagens!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)