Como economizar energia elétrica?

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

Talvez você se lembre de seus pais gritando para desligar as luzes. Agora que você paga suas contas de luz, você entende melhor porque eles faziam isso. Este conselho dos velhos tempos de nossos pais e a tendência moderna encaixam bem. Abrace o conselho e economize dinheiro em suas faturas mensais da conta de luz.

Publicidade

Publicidade

Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes. Existem já no mercado opções de lâmpadas de LED, que são muito mais econômicas e duram muito mais tempo. Porem, por serem ainda muito caras, sua instalação em uma residência inteira pode ser inviável.

Poupe dinheiro em contas de serviços públicos, desligando televisores, computadores e monitores quando não estiverem em uso. A melhor forma de garantir que nenhum pedaço de energia está indo para estes aparelhos é desligá-los diretamente nas tomadas, pois alguns deles tem modos de espera que também consumem muita energia, por mais inocentes que pareçam.

Cuidado com o ar condicionado e os ventiladores. Prefira opções com selos PROCEL de consumo de energia em nível A, que significa que ele gasta energia de forma mais eficiente. E evite usar sempre estes eletrodomésticos, preferindo manter as janelas abertas e a casa bem ventilada em dias de muito calor. Limpe ou troque os filtros de ar uma vez por mês para reduzir os custos de energia e manter seu ambiente mais limpo.

Publicidade

Publicidade

Só use o microondas quando este for extremamente necessário. Se você precisa descongelar algum produto, planeje de retirar este da geladeira no dia anterior. Prefira fazer pipoca no fogão do que usar o microondas. Quanto menos eletricidade você usar, menos dinheiro vai gastar no fim  do mês na sua conta de luz.

Poupar na conta de luz

Poupar na conta de luz depende só de uma reeducação de hábitos nocivos para o seu bolso ao usar deliberadamente a eletricidade em casa. (Foto: comoeconomizar.net)

Publicidade

Ao utilizar ferros de passar roupa, espere que uma boa quantidade de roupas seja juntada para que você poupe trabalho, tempo e energia elétrica por não ser necessário reaquecer o ferro de passar roupa. Quanto ao uso de secadores de cabelo, tente optar por cortes que possam tornar o secamento natural possível ou agilize o uso, desligando o eletrodoméstico enquanto estiver modelando o cabelo.

Publicidade

Talvez o conselho mais importante desta lista: tome banhos curtos ao invés de banhos mais longos. Se você não acredita que ele faz a diferença, teste apenas por mudar a posição do chuveiro de inverno para verão e veja as economias. Você irá se surpreender com as economias resultantes. E com elas, você pode até pensar em colocar um sistema de aquecimento a parte para o seu chuveiro e economizar mais dinheiro ainda.

Evite usar a eletricidade em horários de pico, como pela manhã ou no período da tarde, entre 18 e 21 horas. Nestes horários, como a demanda por eletricidade é maior, ela acaba também ficando mais cara. Na cozinha, prefira sempre eletrodomésticos a gás do que elétricos. O gás é mais barato que a eletricidade e demora muito tempo para acabar.

Publicidade

Publicidade

Compare as contas de todos os meses e compare os consumos. Tente descobrir onde e por que você gastou mais. Discipline a família para a economia de luz. Tanto a natureza quanto seu bolso irão agradecer pelos resultados.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário