Como comprar mais neste Natal sem ficar devendo!

Escrito na categoria "Educação financeira" por André M. Coelho.

As féstas parecem ficar cada vez mais caras a cada ano. As decorações do natal tornam-se cada vez mais elaboradas e abundantes e sua lista de presentes cresceu exponencialmente. O que é que o Papai Noel tem que fazer para que as coisas não fujam do controle? Faça uma lista, cheque-a duas vezes e vamos para as dicas para comprar mais no Natal e não ficar devendo!

Publicidade

Publicidade

Come o seu plano de orçamento de Natal em janeiro. Não só você vai ser capaz de tirar vantagem  dos preços pós-festas, mas você vai ter o ano todo para fazer o seu trabalhoso plano de gastos. Faça uma lista de produtos e pesquise seus preços, além de tentar descobrir em quais épocas do ano certos produtos estão mais baratos.

Separe uma pequena quantia de dinheiro todos os meses, podendo até abrir uma “conta de natal” ou agendando com o seu banco ou cooperativa de crédito regularmente a transferência de uma quantia designada em uma conta poupança dedicada. A criação de uma transferência automática após cada salário torna mais fácil o processo, além de fazer com este “investimento” se torne um custo fixo mensal, um valor com o qual você não poderá contar pelos próximos meses.

Faça suas compras de Natal o ano todo. Leve uma lista de compras completa com você onde quer que você vá. Inclua o nome do destinatário, uma idéia do presente e uma faixa de preço. Pode parecer bobo, mas algumas promoções para produtos podem aparecer do nada e você só perceber ao final do ano que perdeu a oportunidade de poupar para dar um presente.

Publicidade

Publicidade

Controle financeiro para o Natal

Sabemos que você quer comprar muitas coisas no Natal. Mas se controle antes de entrar em um débito bem complicado de sair. (Foto: bankruptcytrusteescanada.com)

Publicidade

Faça o seu dever de casa online. Mesmo se você realmente não  for comprar o presente na Internet, você pode comparar preços enquanto estiver farejando pelas melhores ofertas. Então, visite a loja com o melhor preço e os valores que encontrou na internet, negociando condições e até um desconto. Tente também comprar a maior quantidade possível de produtos na mesma loja, pois quanto maior o volume, maior será o desconto que poderá ser negociado.

Publicidade

Procure ofertas online. Às vezes, as grandes lojas oferecem descontos em compras online. Confira sites regularmente, já que preços e ofertas mudam muitas vezes durante as semanas que antecedem o Natal.

Cuide de amigos e parentes com um único projeto de festas. Em vez de investir R$10 a R$20 em uma série de pequenos presentes, faça um presente para eles e que tenha um significado emocional. Use suas habilidades para mostrar o quanto se importa com eles.

Muitas pessoas não precisam (ou querem) mais coisas. Em vez disso, busque dar a eles o seu tempo para levá-los para jantar, fazer recados ou consertar pequenas coisas ao redor de sua casa. O maior valor do Natal está no Amor e na Amizade e não no preço de um presente. Faça tudo com sentimento e com certeza, muitos sorrisos irão aparecer no seu Natal!

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário