Quando você perde um voo, você pode ser capaz de obter alguma compensação da companhia aérea ou você pode ser capaz de obter uma transferência do voo. No caso de perda de conexão por atraso de voo, há claramente meios para reaver o dinheiro da passagem ou conseguir um novo voo. Mas vamos explicar o que você pode fazer em cada situação.

Perda de conexão por atraso de voo

A maior parte dos vôos que são perdidos são voos de conexão. Se o seu primeiro voo estiver atrasado ou for cancelado, você poderá perder o seu voo de conexão. Se você fez o check-in pontualmente e o atraso ou cancelamento do primeiro voo foi de um tipo que pode ser considerado como culpa ou responsabilidade operacional da companhia aérea, você terá direito a receber uma compensação. Mas qual compensação?

Perdi a conexão do voo: os direitos do consumidor

A ANAC, em respeito ao Código de Defesa do Consumidor, estabeleceu regras bem claras sobre atrasos, tanto para voos com conexão quanto voos sem conexão.

Atraso de mais de 4 horas: o passageiro tem direito a reacomodação em voo próprio ou de terceiro para o mesmo destino ou em voo próprio, em data e horário conveniente ao passageiro. Há também o direito ao reembolso integral, assegurando também o retorno ao aeroporto de origem, e reembolso do trecho não utilizado. O serviço pode também ser concluído por outra modalidade de transporte, se a reacomodação em um novo voo não for possível.

Atraso, cancelamento, ou interrupção do voo: o transportador deve oferecer assistência material ao passageiro, gratuitamente, de modo compatível com o tempo de espera, contado a partir do horário original planejado para a partida do voo.

Para ambos os casos, a companhia aérea deverá providenciar acomodação em local adequado, translado, e se necessário, serviço de hospedagem.

Resumindo bem: se o voo atrasa e você perder sua conexão, a companhia aérea que atrasou o voo é obrigada a compensar o passageiro, seja realocando-o em um novo meio de transporte ou voo, ou seja proporcionando a devida compensação financeira ao passageiro. Inclui-se também atrasos devido à transferência de bagagens.

Compensação por atraso em voo

Perder sua conexão não é o fim do mundo. Você pode e deve ser compensado pela companhia aérea, e o caso pode resultar até em danos morais. (Foto: Refund.me)

Exemplo de situação de atraso de voo e perda de conexão e o que fazer

Você toma um voo de Florianópolis para Fortaleza, com conexão em São Paulo. Este voo é adiado por 2 horas devido a um erro técnico no setor anterior, que fez com que a aeronave chegasse atrasada no aeroporto. Uma vez que você chegar em São Paulo, seu voo para Fortaleza já saiu, pois você originalmente tinha 90 minutos para a conexão, o que deveria ter sido suficiente, mesmo para um grande aeroporto como o de São Paulo. A companhia aérea coloca você no próximo voo para Fortaleza, e você chega ao destino 6 horas mais tarde do que originalmente programado.

Além da compensação financeira pelo atraso, o passageiro poderia ter solicitado hospedagem em São Paulo ou cobertura de custos com refeições, já que se passaram mais de 4 horas de atraso. Na Justiça, caso a companhia aérea não pague as devidas compensações, ainda cabe o pagamento de danos morais.

Em todo o caso, o passageiro deve sempre buscar o guichê da companhia aérea que atrasou o primeiro voo, ou da representante da companhia aérea.

Atraso de voo: direitos do consumidor

Em viagens internacionais, principalmente, a perda de uma conexão pode estragar um bom trecho das férias de uma pessoa ou uma família inteira. Nesses casos de atrasos quando, por exemplo, um voo atrasa mais de um dia para chegar ao destino, e não seja por motivo de força maior (neve, chuva, impossibilidade de pouso, etc), os passageiros podem processar a empresa por danos morais e materiais para reaver o prejuízo. Converse com um advogado para conseguir montar o caso, mas antes disso, mantenha um registro de todos os contatos com a companhia aérea: mensagens, emails, SMS, horários de atraso, horários de voo, gastos causados pelo atraso, prejuízos causados, etc. Registre tudo muito bem para a melhor solução possível.

Como evitar a perda de voos de conexão?

Para não ter problemas com conexões, é recomendado que o passageiro prefira sempre voos diretos. São mais caros, mas você não perderá qualquer conexão que for. Se não for possível um voo direto, entre uma conexão e outra você deve estabelecer um prazo mínimo de 2 horas, 4 horas para alta temporada e voos internacionais. Isso garante um prazo mínimo para que mesmo com atraso, seja ainda possível pegar a conexão do voo. Caso queira mais folga entre os voos, 6 horas é também um bom intervalo. Lembre-se sempre de procurar a companhia aérea para esclarecer quaisquer dúvidas, e quando a conexão for da própria companhia, sempre peça para espaçar um pouco mais um voo do outro.

Você já perdeu uma conexão por atraso de voo? O que fez para resolver o problema? Como garantiu seus direitos de consumidor?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)