Nas cooperativas de crédito, os membros juntam suas economias e emprestam uns aos outros. Os membros têm algo em comum, como o mesmo empregador, sindicato, frequentando um local específico de culto ou morando na mesma área. As cooperativas de crédito usam o dinheiro que ganham para melhorar os serviços e recompensar seus membros. E oferecem investimentos como o RDC, com baixo risco mas benefícios melhores do que uma conta poupança tradicional.

RDC: um investimento de renda fixa e baixo risco

As cooperativas de crédito são organizações administradas por membros, onde os membros juntam suas economias para que possam emprestar uns aos outros. O RDC, ou Recibo de Depósito Cooperativo, dentro da cooperativa, é um investimento de renda fixa para quem quer investir com pouco ou nenhum risco. O RDC é, basicamente, o equivalente em cooperativas de crédito para CDBs.

Aplicação RDC nas cooperativas de crédito

As cooperativas de crédito oferecem uma série de investimentos, rendimentos, e serviços financeiros para seus clientes. Um dos serviços é o RDC. Ao investir em uma cooperativa, você está, basicamente, comprando uma parte da cooperativa de crédito. Com a aplicação em um RDC, você aumenta sua participação na cooperativa de crédito, sendo devidamente remunerado por isso em renda fixa, por uma porcentagem do CDI.

Investimentos RDC em cooperativas

Os investimentos RDC podem ser uma opção para sua carteira de investimentos. (Foto: Caruana Financeira)

Risco e retorno de investimentos em cooperativas de crédito

As cooperativas de crédito têm algumas restrições impostas no que podem investir e em quanto dinheiro podem emprestar.

Quanto mais você economizar, maior será sua participação no pagamento anual de dividendos, ou poderá aumentar também seus investimentos em RDC. Os dividendos podem ser baixos, ou até zero, se a cooperativa não estiver gerando um superávit. Mas o risco é geralmente baixo para este tipo de investimento.

Investimentos RDC são protegidos FGCoop ou Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito, assegurando a proteção de até R$250 mil de seus investimentos em RDC por CPF e CNPJ

Acesso ao seu dinheiro de investimentos RDC

Geralmente, você pode sacar dinheiro a qualquer momento. Algumas uniões de crédito fornecerão um cartão de débito. Geralmente, você pode sacar dinheiro na unidade local da cooperativa crédito, diretamente em um caixa eletrônico ou,  organizar uma transferência para uma outra conta bancária.

Como abrir uma conta em cooperativa de crédito?

O primeiro passo é encontrar uma cooperativa de crédito adequada e se tornar um membro. Para fazer parte de uma cooperativa, você provavelmente precisará ser de uma categoria profissional específica, ou fazer parte de um grupo profissional. Cada cooperativa tem critérios diferentes, e é preciso saber antes de se afiliar.

Ao ingressar, você precisará fornecer sua identidade, documentos profissionais, e seu comprovante de endereço.

Imposto em investimento RDC

As cooperativas de crédito também pagam impostos sobre os investimentos em RDC.

Em resgates de aplicações com antes de 30 dias, será cobrado o IOF sobre o saque.

Sobre os rendimentos, será cobrado o IR, seja no momento do resgate ou do vencimento da aplicação.

A alíquota do IR é menor à medida em que o prazo de investimento avança. Até 180 dias, você paga 22,5% de IR. De 181 a 360, você paga 20% de IR. De 361 a 720 dias, você paga 17,5% de IR, Acima de 720 dias, você paga 15% de IR sobre o rendimento.

Portanto, quanto mais tempo deixar seu dinheiro no RDC, menos impostos você terá de pagar.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas sobre o RDC!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)