O termo dinheiro de plástico é muitas vezes utilizado em reportagens sobre formas de pagamento e opções de crédito em geral. Dinheiro de plástico significa “cartão de crédito” ou “cartão de débito” que são usados para pagar contas ao invés do dinheiro em espécie, no papel moeda comum.

Dinheiro de plástico é portanto devido aos cartões serem feitos de plástico e terem se tornado a principal forma de pagamento em vários tipos de estabelecimentos. Postos de gasolina, restaurantes, supermercados e compras pela internet lideram o grupo de serviços e produtos em que a principal forma de pagamento é o cartão. O motivo para isto é a comodidade, segurança e atrativos oferecidos pelo cartão.

Comodidade pelo fato de não ter que perder tempo sacando o dinheiro em espécie no banco ou no caixa eletrônico. No momento de pagar é necessário também calcular e fornecer o troco, algo que não ocorre no caso do pagamento com dinheiro de plástico. Além disso nas compras pela internet o pagamento é aprovado na hora quando o cartão é usado. É mais rápido e mais fácil que o boleto, por exemplo.

Segurança se traduz em “não ter que andar com dinheiro” em espécie. Se o dinheiro for roubado ele certamente estará perdido. Se o cartão for roubado ele poderá ser bloqueado e muitas vezes não irá causar nenhum prejuízo maior à vitima. Há também a questão de você ficar imune às falsificações de cédulas, outro problema cada vez mais comum.

Dinheiro de plástico

Dinheiro de plástico - forma de pagamento cada vez mais comum

E há também os atrativos que as administradoras e bandeiras criam para incentivar a utilização dos cartões. São milhas e pontos para serem trocados por passagens em companhias aéreas, sorteios de prêmios, descontos em alguns estabelecimentos e até mesmo isenção da anuidade. Para os bancos é duplamente lucrativo que os clientes usem os cartões de crédito e débito. Os comerciantes pagam taxas e o caixas eletrônicos e agências bancárias ficam mais vazios com menos pessoas precisando sacar dinheiro.

E você? Paga tudo que pode no cartão de crédito? Usa cheques ou ainda é adepto do dinheiro em espécie?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)