DOC voltou! Pode ser cobrado? O que fazer?

Escrito na categoria "Bancos e instituições financeiras" por André M. Coelho.

O DOC – Documento de Crédito é um tipo de transferência bancária em que não há o envolvimento de um meio físico, sendo ela feita completamente pelo meio digital. Nela, o banco emissor envia o dinheiro de uma conta para um banco receptor, debitando e creditando recursos sob o comando e autorização de seus clientes. Normalmente, o DOC é disponibilizado na conta de crédito em até 24 horas após ser executado.

Publicidade

Publicidade

Para que a transferência seja feita, o solicitante deve ter em mãos alguns dados do cliente receptor do DOC, tais como CPF, nome completo, instituição bancária, código da agência, número da conta bancária e, em alguns casos, o cadastro prévio destes dados no internet banking para que a operação seja possível, por questões de segurança.

Apenas valores inferiores R$ 5.000,00 podem ser transferidos via DOC, sendo que valores superiores a isso, devem utilizar a TED.

Publicidade

Publicidade

Quando é realizado um DOC para uma conta inexistente ou com algum dado incorreto, o DOC retorna para a conta do emitente. A recomendação dada para que a transferência seja confirmada ou não, além de manter o comprovante guardado, é monitorar seu extrato para confirmar as movimentações financeiras.

DOC online

O DOC é uma transferência de recursos que deve ser muito bem feita e registrada, evitando assim que você tenha de buscar um estorno ou o dinheiro do DOC de volta. (Foto: www.servicosbancarios.com.br)

Publicidade

No caso do DOC retornar, como a transação não foi completada, o valor correspondente à transferência DOC também é ressarcido ao cliente.

Publicidade

Nesse caso, o banco deve fazer isso automaticamente ou, se seu pacote de serviços fornece DOCs gratuitos, deve retornar o crédito do DOC gratuito para seu pacote. Caso o valor não esteja em sua conta em até 48 horas após ter retornado, é importante que você entre em contato com sua gerente para que a situação seja verificada e o valor creditado em sua conta.

É importante lembrar ao consumidor que alguns bancos não tem este retorno automático, sendo necessário o contato com o gerente para o crédito do dinheiro. Por isso, sempre fique de olho em seus direitos e preste muita atenção nos dados fornecidos da conta de destino, evitando assim problemas que tomarão um pouco de seu tempo.

Publicidade

Publicidade

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

Crédito ou débito? Esta é uma pergunta quase sempre feita ao se pagar com cartão mas é uma questão também comum na vida de muitos brasileiros. Com mais de 300 horas em cursos de finanças, empreendedorismo, entre outros, André formou-se em pedagogia e se especializou em educação financeira. Dá também consultorias financeiras e empresariais quando seus clientes precisam de ajuda e compartilha conhecimentos aqui neste site.

Publicidade

Publicidade

Aviso legal

O conteúdo apresentado no site é apenas informativo com o objetivo de ensinar sobre o funcionamento do mundo financeiro e apresentar ao leitor informações que o ensine a pensar sobre dinheiro. O site Crédito ou Débito não faz recomendações de investimentos e em nenhuma hipótese pode ser responsabilizado por qualquer tipo de resultado financeiro devido a práticas realizadas por seus leitores.

Deixe um comentário