Está muito popular ultimamente uma modalidade bem conhecida de estelionato, o golpe do falso depósito ou do envelope vazio. O golpista começa o crime demonstrando o interesse em um produto ou serviço oferecido pela vítima. Ele então oferece pagar pelo mesmo através de um depósito bancário. Ele então vai até o banco, faz um depósito sem colocar nenhum recurso dentro do envelope e obtém o comprovante do depósito, retornando para o local onde a vítima estava e mostrando o comprovante a ela.

Uma pessoa bem informada, já sabe que os depósitos bancários não caem imediatamente em sua conta porque devem ser conferidos antes pela instituição, justamente para evitar casos como estes envelopes vazios e dar um dinheiro de mentira para as pessoas. Mas uma pessoa mais inocente ou que esteja com um pouco mais de pressa pode cair na ansiedade de ter o dinheiro “em mãos” e se deixar levar pela lábia do criminoso.

Se você realmente tem ansiedade de venda de um produto, ou solicite o pagamento no mesmo momento em que entregará o produto ou serviço contratado ou peça para que o depósito seja feito na boca do caixa. O envelope nada mais é do que uma expectativa de um pagamento e que só deve ser inteiramente confiável quando for você mesmo o depositante.

Estelionato - envelope vazio

Só confie no depósito depois que ele estiver confirmado em sua conta. (Foto: mirassolmtnews.com.br)

Outra forma de evitar isso é solicitar que o comprador faça um DOC ou TED, mesmo custando um pouco a mais, e aguarde a confirmação do dinheiro caindo em sua conta. É por conta destes golpes e outros mais que enfatizamos muito o acesso ao internet banking, pelo qual você pode monitorar seus recursos e saber sempre quando o dinheiro está realmente em sua conta, ou seja, em suas mãos.

Outra coisa muito importante a se fazer é divulgar este tipo de informação para mais pessoas. Quanto mais pessoas souberem destes riscos, menor será a taxa daqueles que caem neste golpe e maior será os esforços dos bancos e polícia para extinguir este tipo de problema. Não seja inocente e sempre duvide de ofertas muito boas para seus produtos e/ou serviços, além de posturas muito ansiosas. A cautela garantirá que você fará o melhor negócio possível.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)