Usar o cartão de crédito para pagar suas contas é uma comodidade indispensável na vida moderna. Existem várias vantagens como a facilidade de ter todas as despesas agrupadas e pagar uma conta única no fim do mês: a fatura do cartão.

O problema é que agora existe uma fraude que está dificultando a vida de quem tem cartão de crédito: estão falsificando as faturas que são enviadas para sua casa, trocando o código de barras e fazendo com que seu dinheiro vá para outro lugar quando a conta é paga! Este é outro excelente motivo para conferir a fatura do seu cartão todas as vezes, mas abaixo vamos explicar detalhadamente como evitar que esta fraude aconteça com você.

Como funciona o código de barras da sua conta?

O código de barras é apenas uma forma diferente de representar números para que possam ser lidos rapidamente para pagamento de contas nos caixas eletrônicos e nos guichês dos bancos. A leitura digital do código de barras também evita erros de digitação.  O código de barras é importante, uma solução inteligente e essencial para o sistema de pagamentos. Ele tem inclusive dígitos de verificação que confere se não houve erro nesta leitura digital. É seguro, desde que não seja falsificado antes da conta chegar em sua casa. Ao digitar um código de barras para pagar uma conta, você está simplesmente autorizando uma transferência de dinheiro da sua conta para a conta codificada no código de barras. É aí que a fraude começa!

Código de barras da grade da cadeia

Código de barras adulterado na fatura pode fazer você dar seu dinheiro aos bandidos

Como funciona a fraude do código de barras da fatura?

  • Os criminosos abrem uma conta bancária qualquer em nome de um laranja (alguém que não será encontrado ou não saberá de nada quando a conta for investigada).
  • Eles interceptam a fatura que seria entregue em sua casa, seja através da transportadora, dois correios ou mesmo diretamente em sua caixa de correios.
  • Eles imprimem outra fatura toda igual à sua, e mudam apenas o código de barras que será usado para o pagamento, seja no banco ou através da internet. Os números que você digita ao pagar pelo internet também são modificados.
  • Quando você paga a fatura, o dinheiro vai para outra conta e sua fatura real não é paga.
  • Você perdeu seu dinheiro. Ele foi para outro lugar e sua fatura de verdade não foi pagar. Você somente irá perceber quando descobrir que a fatura está atrasada.

Como evitar a fraude da fatura falsificada?

Esta fraude da falsificação da fatura pode acontecer não somente com o cartão de crédito, mas com qualquer outro boleto. Existem muitos tipos de fraudes desde tipo por aí e maneira de se prevenir é basicamente a mesma. Abaixo seguem algumas maneiras de nunca cair neste golpe.

  • Coloque sua fatura no débito automático e cancele o envio da fatura para sua casa: ao evitar que sua fatura transite por aí, você impede que ela seja interceptada. E pelo débito automático não haverá código de barras a ser falsificado e qualquer problema que ocorrer será diretamente de responsabilidade do banco. Se você ainda não entende bem do assunto, veja como funciona o débito automático antes de fazer esta mudança.
  • Se você prefere ter a fatura em papel, não pague usando o código de barras que vem na fatura. Acesse o site do banco para pegar o código de pagamento por lá ou ligue para a operadora e anote o código informado antes de pagar.

Estes dois passos simples irão evitar que você pague uma fatura falsa e, no segundo caso ainda é possível ter a fatura impressa para facilitar a conferência. Particularmente eu prefiro baixar a fatura pelo site do banco e guardar o arquivo digital ao invés de guardar papel. É mais seguro e mais simples de gerenciar.

Já caí no golpe da fatura falsa, o que fazer?

Se você já pagou uma fatura ou um boleto falso, isto já virou caso de polícia. O banco dificilmente irá se responsabilizar pois teoricamente ele não tem mesmo culpa do ocorrido.

Se você detectar o problema em poucos dias após o pagamento da fatura, talvez você consiga solicitar ao banco o cancelamento do pagamento e consiga recuperar seu dinheiro. Vá agora até sua agência e não espere nem um minuto, faça de tudo para cancelar o pagamento, se isto ainda for possível.

Se já se passaram vários dias, aí será necessário recorrer à justiça, investigar, tentar descobrir os culpados para só então pensar em recuperar o dinheiro. Conhecendo nosso Brasil e a morosidade de sua justiça, eu não teria tantas esperanças. É uma má  notícia mesmo, mas é assim que funciona em terras tupiniquins.

De qualquer forma você ainda pode ter sorte se o dinheiro que saiu de sua conta ainda estiver na conta do criminoso e o pagamento puder ser estornado. Não desista e corra atrás do prejuízo.

Agora que você já sabe como funciona  fraude de falsificação do código de barras dos boletos e fatura do cartão, fique atento antes de pagar qualquer boleto. Este conselho vale tanto para pagamento via internet quanto para pagamento no caixa do banco. O caixa do banco não tem como saber se o boleto e falso. A princípio o boleto falso é exatamente igual ao original, mudando apenas o código de barras.

Você já passou por problemas de boletos falsificados? Deixe um comentário contando sua história!

Se ainda tiver qualquer dúvida ou pergunta sobre as fraudes envolvendo boletos e códigos de barras, pergunte nos comentários que teremos prazer em lhe responder!

4 comentários para “Fraude do código de barras da fatura do cartão – Como conferir a sua?”

  1. Ana Paula Estevam

    Boa tarde meu marido recebeu uma ligada em casa dizendo que era do banco Santander oferecendo um cartão de crédito ele passou todos os dados dele logo chegoua senha mas nunca o cartão e entrarão em contato e ele falou que não recebeu nenhum cartão e logo que eledesligou o telefone chegou uma mensagem dizendoqueo cartão dele tinha sido desbloqueado e hoje chegouum faturade 935 reais e alguns centavos mas não fala a loja nem o local que foi feitoa compra o que devemos fazer me ajudem por favor.

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Ana Paula, registre um BO, primeiramente, e entre em contato com o banco. Depois, vá ao PROCON de sua cidade. Por último, entre em contato com um advogado para garantir seus direitos.

      Responder
  2. José Juraci

    Paguei um boleto do Itaú no correio e este não foi pago, pois continua em débito, e hj já tem 13 dias do pagto, e reparando o comprovante não bate o número do banco, o que devo fazer? Fazer um BO, ir no correio reclamar?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Tentar conversar com o gerente e entender o que houve. Depois disso, se a resposta não for satisfatória, ir ao PROCON.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)