O mercado de cartões de crédito no Brasil se expande assustadoramente. Muitas empresas nascem neste mercado, empresas estrangeiras querem cada vez mais investir neste ramo e a tendência é que mais serviços apareçam, além de valores cada vez mais competitivos. Mas já agora, vai sempre haver em algum lugar um cartão que atenda melhor às suas necessidades. Vamos focar nas diferenças entre cartões pré-pago e pós-pago aqui para que você se localize melhor em uma escolha definitiva.

O cartão pré-pago funciona mais ou menos como uma conta de depósito: você paga por ele um valor mensal que poderá utilizar para parcelamentos, financiamentos e pagamentos à vista de produtos. É vantajoso pois fornece vários dos benefícios de um cartão de crédito, incluindo a segurança de não andar com dinheiro. Pode parecer até frustrante ter um valor limitado para o cartão mensalmente, mas isso gera um maior controle de suas finanças e principalmente, uma maior disciplina no uso do cartão. Só tenha certeza de que o valor separado para o cartão é um mínimo ideal para seus gastos. Seu limite é o quanto de dinheiro você “colocou” no cartão e ele acumula, caso não o gaste todo.

Cartões de crédito

A melhor opção de cartão vai depender inteiramente de sua disciplina com o uso do crédito. (Foto: blogdomiolobaiano.blogspot.com)

O cartão pós-pago é o cartão de crédito clássico, onde você pagará a conta com seus gastos após um mês de utilização. Com limites maiores, seu uso é mais flexível e inclusive pode ter seu limite aumentado em casos emergenciais (normalmente com a cobrança de uma taxa por isso). Seu limite total pode ou não ser utilizado.

Ambos, na maior parte dos casos, participam de programas de relacionamentos dos bancos e das bandeiras de que fazem parte.

O primeiro tipo é ideal para aqueles que querem ter um controle maior e disciplina nos gastos. Já o segundo, é ideal para quem já tem essa disciplina e sabe que cartões de crédito só devem ser utilizados em último caso. Lembre-se que produtos à vista, em dinheiro ou no débito são sempre mais baratos. E na maior parte dos casos, compensa economizar um pouco mais, esperar um tempo antes de comprar no cartão. A paciência é a maior amiga do poupador e do investidor.

O pré-pago também pode ser a opção para pais que queiram educar seus filhos financeiramente e dar uma certa forma de mesada para eles. Estipule uma quantia justa de mesada, com a ajuda deste artigo que fizemos, e dê para eles um cartão pré-pago.

Esperamos ter ajudado com estas informações. Se vocês tem alguma dúvida, não exitem em perguntar nos comentários!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)