O cartão de crédito para autônomos não é muito diferente de um cartão de crédito para um trabalhador assalariado. Talvez a única diferença seja a maneira usada para a comprovação de renda, que é diferente para os trabalhadores autônomos. Mesmo assim, vamos tentar

Comprovante de renda para cartão de crédito para autônomos

Autônomos enfrentam dificuldades na hora da comprovação da renda, principalmente porque não recebem um holerite para comprovar o salário que recebem todos os meses. Porém, não é impossível comprovar a renda sendo autônomo, e algumas ferramentas estão disponíveis para essa finalidade.

  • Histórico de movimentação bancária

Se você é cliente de um banco ou instituição financeira, é possível comprovar sua renda usando o próprio extrato de sua conta no banco para comprovar sua renda. Seu gerente pode usar sua movimentação financeira como comprovante de renda para que seja possível a liberação do limite de crédito de um cartão para você. Quase sempre funciona e geralmente falha quando sua renda é muito baixa. Mas mesmo assim, é só escolher um cartão mais básico e com limite de crédito menor. O mesmo histórico pode ser usado, quando impresso, para comprovar a renda em instituições emissoras de cartões mas onde você não tem conta. Porém, nem sempre serão aceitos.

  • Histórico positivo de crédito

Muitas instituições estão agora usando o score de crédito para fornecer cartões aos seus clientes. Esse score de crédito é uma pontuação que vai aumentando de acordo com sua disciplina financeira, ou seja, se você paga suas contas e empréstimos em dia, seu uso do crédito disponível em diversas instituições, etc. É possível consultar seu score de crédito em instituições como SPC no próprio site ou através de apps, Vale lembrar que mesmo se você tiver um score positivo não há garantias de que o limite de um cartão será liberado para você. Vale lembrar que o score é sempre usado para a liberação de limite de crédito, mesmo que você use outras formas de comprovação de renda.

Comprovante de renda para autônomos

Um autônomo pode ter cartões de crédito assim como qualquer pessoa, só é necessário comprovar a renda. (Foto: Daily Mirror)

  • Imposto de Renda

Muitos bancos e instituições financeiras que emitem cartões de crédito para não correntistas disponibilizam a possibilidade de comprovação de renda através do imposto de renda do ano anterior. Apesar de não ser garantido que você vai ter o limite do cartão liberado, quase todas instituições aceitam de bom grado o imposto de renda como comprovante. Só não espere um limite muito alto se seu imposto de renda tiver uma renda baixa declarada.

  • Usando o DECORE

A Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos, também conhecida pela sigla DECORE, é um documento emitido por um contador para ser usado como comprovante de renda. O DECORE é aceito na maioria das transações financeiras do mercado, inclusive na comprovação de renda para obtenção de limite para um cartão de crédito.

  • Cartões de crédito de lojas e online

Empresas como Nubank e Ibi usam outras maneiras que não apenas comprovantes de renda para a liberação de cartões de crédito aos seus clientes. Vale a pena pesquisar e buscar essas instituições, pois muitas delas tem cartões extremamente vantajosos.

Cuidados com cartão de crédito para autônomos

Quanto maior o risco para o banco ou instituição financeira oferecem um cartão para você, maiores serão as taxas e juros do seu cartão. Em outras palavras, quanto mais “suspeita” for sua comprovação de renda, mais difícil será para você obter um cartão de crédito com boas condições e um bom limite.

Por exemplo, se você tem um imposto de renda alto e usa ele como comprovante, mas seu score de crédito for muito baixo, é possível que os bancos ou instituições financeiras não liberem cartões de crédito para você, ou liberem limites muito baixos. É bom manter um bom policiamento disso para não ter problemas na hora de tentar liberar o cartão de crédito para autônomos.

Meu cartão de crédito não foi liberado, e agora?

Se sua aplicação para um cartão de crédito não for aprovada, entre em contato com o emissor do cartão de crédito para saber o motivo. Pode ser algum conflito de dados, um problema com o comprovante de renda usado, ou até que você aplicou para um cartão de crédito que não se encaixa no seu perfil financeiro. Seja como for, um gerente ou o SAC da instituição serão capazes de indicar o que aconteceu e os passos a seguir para garantir que você consiga seu cartão de crédito para autônomos.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos respondê-las!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)