Cada vez mais consumidores tem acesso à cartões de crédito e débito. Com a maior segurança proporcionada pelo “dinheiro de plástico”, andar com dinheiro em espécie fica cada vez mais raro. Para quem quer vender e continuar atendendo cada vez mais clientes, é preciso se preparar para atender quem quer pagar com cartões de crédito ou débito. Uma das formas de receber estes pagamentos é através das máquinas de cartão da Cielo.

Quem é a Cielo?

A Cielo está entre as maiores empresas intermediadoras de pagamentos no Brasil. Em constante expansão, está sempre investindo em novas tecnologias e parcerias que visam trazer as melhores soluções para os consumidores e os vendedores que utilizam de cartões de crédito e débito e outras soluções, como recarregamento de crédito de celulares, crediários e muito mais.

Por que adquirir uma máquina Cielo?

Uma visita rápida a sites de reclamações e de opinião mostra que a Cielo tem uma avaliação muito positiva dos usuários de suas máquinas. O pós venda da Cielo, desde seu início, sempre recebeu grandes elogios e uma das características que mais atrai os vendedores para as máquinas da Cielo é a confiabilidade da sua rede, que raramente passa por problemas de conexão. Estes estão entre os elementos mais importantes que você deve considerar antes de taxas, anuidades e outros custos de uma máquina: uma rede confiável e um pós venda que realmente te atende quando necessário são as primeiras coisas a considerar, e a Cielo sabendo disso, consegue se superar a cada dia.

Outro fator importante é a quantidade de canais pelos quais você pode usar os serviços da Cielo. Isto é, quais aparelhos você pode usar para receber pagamentos pela Cielo: máquina de cartão, online, tablets, smartphones entre outros. Outro ponto positivo para a Cielo, que investiu pesado nos últimos anos, principalmente em soluções de pagamento mobile para smartphones e tablets.

Porém…

Serviços de melhor qualidade acompanham também custos mais altos. Isso significa que as taxas cobradas pela Cielo são mais caras, além de também serem mais difíceis de serem negociadas. Só que com a alta concorrência, principalmente perante à grande quantidade de opções de pagamento móvel e online que apareceram nos últimos anos, a Cielo tem baixado suas tarifas por transação e até oferecido máquinas de cartão sem anuidade. Concorrência é sempre bom, mas os melhores sempre vão cobrar mais caro pela qualidade por eles oferecida.

Por que escolher a Cielo

Uma opção versátil, segura e confiável, a Cielo tem todas as qualidades que um vendedor precisa apra oferecer o melhor aos seus clientes. (Foto: www.publistorm.com)

Antes de adquirir uma máquina Cielo

Antes de entrar em contato com a Cielo para adquirir uma ou mais das soluções por ela oferecidas, você tem que compreender qual a forma de recebimento de pagamentos melhor atenderá às necessidades de seus clientes. Uma análise profunda e detalhada exige, no mínimo, que você tenha um plano de negócios. Já uma análise rápida apenas exige que você analise os meios pelos quais quer fazer negócios e os canais de venda da Cielo que atingem esses meios.

Máquina da Cielo. A opção que atende a quase todos os perfis de vendedores, menos aqueles que querem vender online. Dentro as opções disponíveis, é também a menos portátil, dependendo de uma rede móvel de telefonia ou cabo telefônico para funcionar. Por outro lado, oferece a maior quantidade de serviços, incluindo recarga de celulares, crediário, entre outros, além de soluções integradas para negócios que precisam de mais de um ponto de venda com a máquina. Isso deve mudar em algum tempo, já que o e-commerce e as soluções portáteis estão ganhando espaço maior no mercado e são mais simples de implementar.

Cielo Mobile. Usando smartphones, tablets e até seu computador, é possível receber pagamentos através do Cielo Mobile. O serviço começou com alguns engasgos, sendo o principal problema relacionado ao aparelho leitor de cartões que pode ser adquirido para um meio físico de leitura de chips e tarjas magnéticas. Há também alguma insegurança e desconfiança dos consumidores, tendência que já começa com os dias contados. É uma opção versátil, apenas dependente de uma rede móvel com bom sinal e um dispositivo eletrônico (tablet ou smartphone) confiável. O único público não atendido pelo Cielo Mobile é aquele que quer vender online, através de lojas virtuais ou redes sociais.

E-commerce da Cielo. É uma solução específica para a internet e os vendedores que nela atuam. Quando um vendedor passa a aceitar cartões em sua loja online, no fim da compra o consumidor pode fazer opções de pagamento. Todo o sistema de pagamento e a programação do site, incluindo as soluções em segurança para os clientes, é oferecida por terceiros através da chamada API, que são códigos e a interface gráfica da ferramenta. A Cielo oferece essa ferramenta para intermediar os pagamentos online e também, dar mais segurança ao consumidor. É possível aceitar essa forma de pagamento pela sua loja física também, mas a necessidade do cadastro e dados do cliente pode ser um tempo de atraso extra ao qual muitos vendedores não podem se dar ao luxo.

Como adquirir uma máquina Cielo?

Entendendo as necessidades de seus clientes e suas necessidades como vendedor, você pode começar a ouvir as propostas da Cielo para seu negócio. Poderíamos aqui colocar as taxas e tarifas da Cielo, assim como o custos das máquinas e do uso do e-commerce Cielo. Contudo, esses valores são sempre negociáveis dependendo do volume de vendas que você tem, o tipo de negócio e, o mais importante, as ofertas dos concorrentes. Afinal, mesmo podendo cobrar mais caro por um serviço de qualidade, a Cielo sabe que valores mais em conta afastarão clientes de seus serviços.

Assumindo que você respeitou todos esses passos e decidiu mesmo por uma máquina da Cielo, você deve ter em mãos os seguintes documentos:

Pessoa Física. RG ou passaporte, CPF; ou CNH (identificação); extrato bancário retirado no caixa automático, no site do banco ou folha de cheque invalidada (comprovante de conta corrente); conta de água, luz, telefone, gás, telefone celular, TV a cabo ou internet (comprovante de endereço). Profissionais liberais precisam apresentar registro profissional da sua categoria, como CREA, OAB, CRM, CRO, CRC, CRT, Creci, Crefito, entre outros. Profissionais Autônomos devem apresentar qualquer documento emitido por órgãos públicos que contemplem a atividade exercida. Revendedores porta a porta devem apresentar cópia de nota fiscal emitida nos últimos 90 dias em seu nome comprovando que é um revendedor.

Pessoa Jurídica. Não precisa enviar qualquer documento, basta possuir conta corrente de pessoa jurídica. Porém, uma dica: reunir dados de movimentação financeira pode (e irá) te dar uma vantagem na negociação de taxas mais atrativas, principalmente se muitos dos seus clientes usarem as opções de pagamento por cartão de crédito ou débito.

Com as informações em mãos, todo o cadastro pode ser feito diretamente do site da Cielo, por uma das lojas da Cielo espalhadas pelo Brasil ou pela Central de Relacionamento Cielo através dos telefones 4002 5472 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 570 8472 (demais localidades), de segunda a sábado, das 8h às 22h.

Esperamos não ter deixado nenhuma dúvida para nossos leitores, mas se você ainda tiver perguntas sobre como obter sua máquina Cielo, o espaço de comentários está aberto para que possamos ajudá-los!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)