Quem opta por usar o cartão de crédito tem que ter responsabilidade e estar ciente da capacidade de pagar a fatura integral no final do mês. Infelizmente não é isto que ocorre com partes das pessoas que optam por esta modalidade de crédito super cara e acabam ficando endividadas quando percebem que não poderão pagar integralmente a fatura do cartão de crédito.

O pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito é sem dúvida uma das piores maneiras de se livrar das dívidas que estão por vir. Só não é pior do que ficar inadimplente e acabar com o nome sujo na praça.

Outra opção além do pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito é o parcelamento da fatura, tema deste artigo.

A diferença entre o pagamento mínimo do cartão e o parcelamento é que no segundo caso você terá contraído uma dívida cujo valor é conhecido. Você terá parcelas fixas a serem pagas todo mês, e o valor de cada parcela será descontado do seu limite de crédito do mês. Nas faturas dos principais cartões do mercado, caso você pague o valor sugerido para parcelamento da fatura já estará automaticamente aderindo ao parcelamento da fatura.

Veja por exemplo o que vem escrito na fatura do cartão de crédito Itaucard:

Parcelamento: pagando o valor da opção “Parcelamento da fatura” você financiará o valor integral de sua fatura em parcelas fixas mensais, com incidência de encargos (juros + IOF). Esta opção permite saber desde a contratação quanto você vai pagar por mês e por quanto tempo. Para contratar a o parcelamento é necessário pagar o valor exato indicado no campo “Parcelamento”, até a data do vencimento da fatura. As parcelas seguintes serão acrescentadas em suas próximas faturas. O valor total das parcelas comprometerá o seu limite de crédito que será recomposto na medida em que as parcelas forem pagas. O parcelamento da fatura inclui somente o valor total da fatura no momento da contratação. Outros valores, como novas compras e parcelas a vencer, serão lançados normalmente nas faturas seguintes. Consulte no campo “Parcelamento desta Fatura” o Custo Efetivo Total desse financiamento, antes da contratação.

A mensagem é bem clara e direta. Você ainda terá que arcar com as compras parceladas na fatura seguinte e ainda pagar IOF sobre o valor parcelado. O CET (Custo Efetivo Total) a que este fatura se refere é de 4,73% ao mês, o que dá 73,04% ao ano! É muito alto, mas é ainda bem menor que os 10.75% cobrados no caso do pagamento mínimo.

Parcelamento do cartão

Parcelamento do cartão - uma opção para saldar as dívidas

A justificativa para a frase no título “Não espere mais” é a seguinte : se você não vai ter como pagar a sua fatura do cartão de crédito neste e nos próximos meses, talvez seja melhor parcelar a fatura ao invés de fazer o pagamento mínimo e ver ser dinheiro ser consumido a uma taxa de 10% ao mês. Os juros de empréstimo pessoal estão muitas vezes maiores que estes e dependendo do caso, parcelar o saldo diretamente no cartão pode dar na mesma.

Mais uma dica importante: se você não está conseguindo pagar o seu cartão de crédito e teve que optar por parcelar o pagamento da fatura, é uma boa idéia deixar de usar o cartão enquanto não tiver quitado totalmente sua dívida!

13 comentários para “Parcelamento da fatura do cartão de crédito – Não espere mais!”

  1. magaly ferreira dos santos

    quero dividir minha fatura e negociar minha divida.

  2. admin

    Oi Magaly,

    Para isto você precisa ir ao banco negociar.
    Em geral a renegociação da dívida do cartão começa com um conversa com o gerente do banco.
    Em outros casos, você negocia através do atendimento telefônico do seu cartão.

  3. Paula

    Na minha fatura de cartão ItauCard veio a opção de parcelamento de 4x 290,84.
    Se eu optar pelo parcelamento, as proximas faturas vão vir somente o valor da parcela + compras efetuadas nesse mes, ou terei que pagar mais juros sobre o valor parcelamento?

  4. admin

    Oi Paula,

    Depende de como está descrito o parcelamento.
    A taxa de juros cobrada já está aí definida.
    Se este parcelamento já inclui os juros do período todo e o banco fez a divisão em 4 parcelas iguais, provavelmente é como você disse mesmo.
    Em todo caso, se você precisa muito parcelar o cartão de crédito, talvez seja melhor pedir algum dinheiro emprestado com parentes ou amigos e quitar o cartão a vista. Os juros são muito grandes e quase nunca compensa parcelar.

  5. Lalita

    Tenho uma duvida.

    Tenho um cartão que me enrolei e virou uma bomba, ms antes de virar uma bomba eu tentei parcelar ele, mas a empresa do cartão não me deu esta opção, me falou que eu teria que pagar tudo, ou ficar sem pagar por uns meses, meu nome ir para o CPC e ai sim eles parcelavam. Indignada fiz isso, ai eles parcelaram com os juros de 3 meses sem pagar.
    Só que a parcela ficou muito alta, e depois de quase um ano pagando, entrei em contato com eles para um novo parcelamento do resto que falta, mas eles me informaram que só parcelam uma unica vez, ou pago tudo ou pago a parcela do acordo, não tem papo.
    Gostaria de saber se isso é legal?

  6. admin

    Lalita,

    Neste caso você precisará consultar um advogado com todos os contratos e negociações em mãos para que ele avalie.
    É muito difícil dar uma opinião sem ter tudo isso em mãos.

  7. Ana Paula

    se eu parcelar a fatura do meu cartao que esta atrasada deste mes, o meu nome vai para o SPC e SERASA? ou parcelando o nome continua livre?

  8. admin

    Enquanto você estiver pagando as parcelas em dia, seu nome estará limpo.
    Mas pense bem, é melhor tentar negociar e quitar a fatura do cartão do crédito o quanto antes.
    Quase todo empréstimo costuma ser mais barato que os juros do cartão de crédito. Em geral, vale a pena pegar um empréstimo pessoal no banco ou mesmo pedir emprestado com parentes para quitar a dívida do cartão, que costuma ter os maiores juros.

  9. ju

    minha fatura itau2.0 veio opção de 24x de 62,87 se eu pago exatamente este valor já entro no parcelamento automaticamente.?

  10. admin

    Sim.
    Em geral, se você pagar o valor da parcela, estará aderindo ao parcelamento.
    Se pagar um valor diferente, a fatura seguinte virá com os juros do saldo devedor. Muito cuidado!

  11. Valquiria

    Qual parcelamento seria menos pior: com ou sem seguro? Na minha fatura do cartão Itau tem esta opção.

  12. denilson

    oi eu parcelei minha fatura que era de 207 reais em 6x e ficou 6 de 36,05 no total de 216,36
    paguei a 1 e guando venho a proxima fatura venho a 2 parcela + o mesmo valor da fatura anterior isto esta certo sendo que eu não comprei mais no cartão

  13. admin

    Oi Denilson,

    Tudo bem?
    Isto ocorre porque os juros do cartão de crédito são muito altos. Muito mesmo.
    Faça o possível para quitar sua fatura o quanto antes.
    O valor a pagar vir praticamente o mesmo todo mês significa que o valor da parcela que você está pagando corresponde apenas ao juros do parcelamento.
    Em outras palavras: pagando assim a dívida nunca vai terminar. Você vai pagar juros todo mês e sempre vai dever tanto quanto no mês anterior.
    Se não tiver o dinheiro para quitar o cartão, pegue empréstimo com um parente a juros menores que o cartão e mais altos que a poupança.
    Aí você quita o cartão e paga o seu parente em parcelas iguais às que pagaria ao cartão.
    Se você pagar ao seu parente o empréstimo em dia, todos ganham! Ele porque os juros que irá pagar é mais alto do que ele conseguiria nos bancos.
    Você, porque conseguirá quitar sua dívida.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)