Quando chega o momento de prestar contas para a Receita, todo mundo fica confuso. A quantidade de documentos que tem de ser enviados, junto com todos aqueles comprovantes e dados a preencher pode deixar um louco. Quando seu contador pede então o informe de rendimentos ou seu banco te envia esses dados, você nem sabe o que são e onde colocá-los. Mas vamos te ajudar a saber o que é esse informe e como ele funciona.

O informe de rendimentos é um documento emitido por empresas, bancos e instituições financeiras que contém um resumo de todos os rendimentos pagos ao longo do ano para o qual o imposto de renda está sendo declarado. Este informe é enviado ao empregado, no caso de empresas, com o comprovante de rendimentos salariais do mesmo, ou seja, os salários pagos, e os bancos e instituições financeiras enviam dados de contas e investimentos financeiros. Planos de saúde e corretoras também enviam documentos similares, afim de comprovar a movimentação durante o ano. O INSS também envia o comprovante aos segurados através de seu site.

Estes dados irão ajudar a Receita Federal a cruzar os dados da declaração do imposto de renda e de suas finanças, verificando e confirmando se houve ou não a sonegação de impostos.

Nos informes que são entregues aos empregados pelo empregador, estarão incluídos todos os valores pagos ao trabalhador, inclusos aqui deduções realizadas  e impostos que foram retidos no ano anterior. Além de ser um documento fiscal necessário para a declaração, pode ser também o ponto de partida para saber se seu emprego realmente paga bem.

Informe de rendimentos

Este é um modelo de comprovante de rendimentos que deve ser enviado pelas empresas a todos seus empregados. (Foto: hrportal.propay.com.br)

Bancos e instituições financeiras devem enviar em seus dados as quantias presentes nas contas-correntes do cliente e os valores que estão em contas de investimento, com dados completos que serão cruciais no preenchimento.

Se você nunca contratou os serviços de um contador antes ou é a primeira vez que declara, recomendamos que converse com um desses profissionais para saber que caminho seguir e quais são os documentos necessários para uma correta declaração do imposto de renda. Todos os comprovantes e sua estrutura ajudam na declaração, facilitando também a evitar erros que podem causar uma retenção de sua declaração na malha fina, resultando em multas e até punições piores. Portanto, fique de olho em seus rendimentos e os declare corretamente em seu imposto de renda.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)