A pergunta do título parece bem óbvia para quem segue os bons hábitos da educação financeira. Qualquer criança de 8 anos de idade saberia responder isto se a devida atenção fosse dada à necessidade de ensinar educação financeira às crianças. Em todo caso, como isto não ocorre ainda em larga escala no Brasil, os programas de televisão acabam fazendo este papel de forma complementar, mas longe do que seria ideal. Em um artigo recente aqui do site comentamos a respeito dos programas de televisão relacionados à dinheiro e o Globo Repórter desta sexta trata deste assunto, em uma das poucas vezes em que foge dos assuntos relacionados à natureza e saúde!

Mas vale a pena economizar?

A resposta certa para esta pergunta é: DEPENDE!

Há momentos em que economizar pode ser a pior escolha, mas no âmbito geral das nossas vidas, é indispensável pensar no futuro, guardando dinheiro para quando chegar a velhice.

O grande problema de economizar dinheiro é saber dosar a economia. De nada adianta economizar todo o seu dinheiro extra e não ter os momentos de diversão, viagens e lazer que o dinheiro poderia lhe proporcional. A vida deve ser vivida enquanto se tem saúde e tempo para realizar as coisas. Não adianta guardar TODO o dinheiro para o futuro e ter uma vida extremamente regrada com a idéia fixa de estar se preparando para a aposentadoria.

Vale a pena economizar?

Economia: tem também uma quantidade ideal, sem excessos!

Por outro lado, gastar sempre todo o seu salário e não ter um plano financeiro para quando não puder mais trabalhar é um erro também muito grave.

Quando envelhecemos nossa capacidade produtiva cai e os gastos aumentam. Não faz sentido pensar que conseguiremos manter a qualidade de vida sem não fizermos nada agora. É indispensável planejar as fontes de renda para o futuro. Investir em imóveis, planos de previdência ou investimentos que você mesmo gerencie é algo que você precisa pensar agora.

Tudo em excesso faz mal, inclusive a economia de dinheiro. Devemos estar igualmente distantes dos limites da avareza e da gastança desenfreada, economizando na medida certa.

O que você acha de pessoas que economizam demais? Elas vivem bem a vida? E você? É um poupador ou um gastador sem limites? Comente!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)