Hoje em dia, praticamente qualquer pessoa pode aceitar pagamentos por cartão de crédito. Não é difícil encontrar profissionais autônomos que aceitam tais formas de pagamento utilizando as mais diversas ferramentas disponíveis. Porém, a mais comum ainda é a máquina de cartões de crédito e débito. Mas como um autônomo consegue fazer uma máquina de cartão de crédito?

Você pode optar por praticamente qualquer empresa de máquinas de cartões de crédito. As duas principais operadoras destas máquinas no Brasil, Redecard e Cielo, serão nosso foco para as instruções neste artigo. Porém, as instruções funcionam de forma parecida para outras operadoras, necessitando apenas de algumas pequenas adaptações.

O processo para se conseguir uma máquina de cartão de crédito começa pelo credenciamento. Pessoas físicas precisam atender à alguns pré-requisitos para o credenciamento:

  • Profissionais liberais: registro em Conselhos Regionais, tais como CRM e CRO (ex.: médicos, dentistas, etc.);
  • Profissionais autônomos: registro profissional de sua categoria e os demais registros pertinentes aos órgãos públicos que regulam a atividade.
Diversificando os pagamentos

Ao diversificar as formas de aceitação de pagamentos, você aumenta potencialmente seus clientes. (Foto: catracalivre.com.br)

O credenciamento pode ser feito online pelo site da operadora das máquinas de cartão de crédito Cielo ou Redecard ou pelos telefones das Centrais de relacionamento das operadoras durante o horário comercial, normalmente de segunda feira à sábado entre as 8 e 22 horas.

Os seguintes documentos são necessários para o cadastro para profissionais liberais:

  • Formulário de afiliação preenchido;
  • Cópia dos documentos: CRM, CRO, CREA ou outros registros profissionais, além do CPF;
  • Comprovante bancário emitido pelo banco de domicílio com nome do profissional liberal (individual) e número da conta corrente incluindo o dígito.

Para profissionais autônomos são necessários os seguintes documentos:

  • Formulário de afiliação preenchido;
  • Documentos de autorização para desenvolver sua atividade de acordo com a legislação local (Alvará, Autorização de Funcionamento emitido pela prefeitura, DAM - Documento de Arrecadação Municipal ou Matrícula de registro na prefeitura);
  • Comprovante bancário emitido pelo banco de domicílio com nome do profissional e número da conta corrente incluindo o dígito.

É possível também buscar o registro de seu trabalho para o e-commerce, dependendo da operadora que você escolher.

Quem não é profissional autônomo ou liberal pode aceitar cartões de crédito?

É possível aceitar pagamentos por cartões de crédito sem ser profissional autônomo ou liberal. Para isso, um profissional deverá utilizar as ferramentas intermediadoras de pagamento online, tais como o MercadoPago, PayPal ou PagSeguro. Nem todas elas oferecem a possibilidade de parcelamento e o valor cobrado de quem recebe o pagamento é bem justo e competitivo em relação ao mercado de operadoras de máquinas de cartões de crédito. Além do mais, possibilita também seu uso para pagamentos no e-commerce sem a necessidade de pagar taxas extras por isso.

Um comentário para “Máquina de cartão de crédito para autônomos! Como fazer?”

  1. Sonia Moreira Sousa

    Boa Noite, gostaria de saber como faço para adquirir um maquina de credito ambulante, eu trabalho com revista de mesa e banho, e outros acessórios, queria saber o valor da mensalidade.

    Grata

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)