Para aqueles que ainda utilizam cheques como forma de pagamento, o correto preenchimento deste título de crédito é necessário para evitar problemas na hora em que ele for descontado. Assim, você também garante uma segurança para seu dinheiro, com a garantia de que apenas a quem o cheque foi destinado irá recebê-lo.

Antes de preencher o cheque, você precisa saber qual o tipo de emissão que será feita, pois existem diferentes restrições e regras para cada tipo de emissão. O tipo emissão ao portador, quando quem recebe o cheque não está especificado, não pode ultrapassar R$100,00. A partir de R$100,00, o tipo de emissão é nominal, especificando o beneficiário do cheque. Este só pode ser pago mediante identificação do beneficiário ou pessoa por ele indicada no verso do cheque, ou sistema de compensação no caso de depósitos. Se o cheque for nominal não à ordem, apenas o beneficiário poderá descontá-lo, bastando com que o emitente escreva após o nome de quem recebe o cheque “não-à-ordem”, “não-transferível” ou “proibido o endosso”.

O famoso cheque cruzado é aquele nominal ou ao portador que só poderá ser pago através de depósito em conta corrente.  A melhor forma de saber qual o tipo de cheque para seu caso é avaliando o nível de segurança necessário: quanto mais pessoal for o cheque, maior a segurança sobre o documento, uma vez que só o beneficiário poderá descontar o valor  do cheque no banco. Além da segurança, você pode também pré-datar um cheque para desconto futuro. Legalmente falando, assim que o cheque for apresentado ao banco, ele terá de ser descontado. Portanto, oriente o beneficiário para o dia de desconto do cheque e se organize para ter as finanças necessárias para o pagamento do cheque em conta.

Preenchimento do cheque

Na figura, a indicação dos campos em branco que devem ser preenchidos em um cheque. (Foto: financaspraticas.virgula.uol.com.br)

Um cheque não pode conter rasuras. Para evitá-las, escreva sempre bem devagar e verifique mais de uma vez os dados anotados. Preferencialmente, faça um rascunho antes, com todos os dados que irão para o cheque. Agora como preencher?

No campo R$ do cheque, escreva o valor em números, por exemplo R$200,00. Lembre-se de escrever os números bem próximos uns dos outros e no espaço em branco, preencher com um risco, evitando que alguém modifique o que está escrito. No campo onde está escrito “pague por este cheque a quantia de” ou algo parecido, você deve escrever o valor pago por extenso, incluindo os centavos e com o mesmo procedimento acima, sem deixar espaço antes ou depois do que foi escrito. Coloque o nome completo do beneficiário, confirmando antes se a pessoa é que vai descontar o cheque. Coloque a data e o local de preenchimento do cheque, assim como sua assinatura após verificar todos os seus dados. nunca deixe seus cheques já assinados ou quaisquer dados preenchidos. Sua assinatura deve ser igual a que foi registrada em seu banco.

Bem simples não?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)