Você deseja saber o que fazer para limpar seu nome sujo na praça? A resposta é simples: pague sua dívida! Mas é claro, não podemos esquecer que pode acontecer de seu nome permanecer no cadastro do SPC ou Serasa mesmo que a dívida já tenha sido quitada. E pode acontecer também de você negociar a dívida, não pagando-a integralmente, mas parcelada, e isso ser interpretado por esses órgãos ainda como inadimplência. Mas vamos por partes.

  1. Primeiramente a quitação da dívida: Faça uma consulta da dívida no serviço de proteção ao crédito (SPC) se a sua dívida for no comércio ou outros serviços. Faça uma consulta no Serasa se a sua dívida for com instituições financeiras e bancos. Consulte quais são as empresas que você está devendo, o valor da dívida e há quanto tempo você está devendo.
  2. Negociação da dívida: Se você não tem condições de pagar o valor da dívida a vista, a solução é negociar. Procure o setor financeiro da empresa e coloque sua situação. Das duas uma: ou eles dividem a dívida em parcelas, ou abatem parte do valor total para você pagar a vista. Mostre que você está interessado em quitar a dívida e se preocupa com a situação. Quitá-la será bom para eles e para você.
Pagar dívidas e limpar o nome sujo

Negociar, pagar e limpar o nome sujo na praça!

  1. Limpando o nome: Após a negociação e o pagamento da dívida (total ou após o pagamento da primeira parcela da dívida negociada), segundo o Código de Defesa do Consumidor o credor tem 5 dias úteis para retirar o seu nome da lista de devedores, o seu nome deve estar limpo, fora do SPC e Serasa. Se o credor não retirar o seu nome do cadastro de devedor, você deve contactá-lo e pedir para que retire. Caso ele não o faça, você deve entrar com uma ação judicial exigindo a retirada e ainda pode processá-lo por danos morais. Existe ainda uma outra maneira de limpar o nome sujo, que não é nada imediata.
  2. Outra forma de ter o seu nome limpo: Após 5 anos sem pagar a dívida, com o nome sujo no SPC e Serasa, a dívida é prescrita, ou seja, é cancelada. Não poderá ser cobrada na justiça nem constar mais em cadastro de devedores. As empresas perdem o direito de cobrá-la e você não tem mais o dever de pagá-la.

6 comentários para “Como limpar o nome sujo – Serasa e SPC”

  1. Fátima

    O valor da dívida inscrito no Serasa pode sofrer acréscimo em seu valor pelas empresas de cobrança?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Fátima,

      As empresas de cobrança prestam um serviço para o credor da dúvida e não para quem está sendo cobrado.
      Logo me parece que este acréscimo não é legal.
      Em todo caso acho melhor que você entre em contato com o procon explicando sua situação e especificando melhor do que se trata tal cobrança para ter certeza da legalidade da mesma.

      Responder
  2. Rafael

    Mas e depois que eu pagar, meu nome ainda irá constar que eu fiz uma compra e não paguei. Ou seja, quando eu limpar meu nome que eu queira comprar alguma outra coisa vai constar que eu já fiz compra e não paguei?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Rafael, consulte o Serasa e o SPC para mais informações. Os acordos variam de caso a caso.

      Responder
  3. Selma

    Tenho dívida do FIES na caixa econômica. Já faz mais de 10 anos, eles estão me cobrando por uma financeira. Devo pagar essa dívida ou já prescreveu?

    Responder
    • Equipe Crédito ou Débito

      Consulte o PROCON da sua cidade, ou um advogado.

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)